Menu
SADER_FULL
segunda, 17 de maio de 2021
Busca
Brasil

Polícia Militar realiza palestras sobre o Bullying em Jateí

20 Set 2010 - 09h56Por Fátima News

Policiais do 16º BPM, com o apoio da Secretaria Municipal de Educação de Jateí, iniciaram hoje uma série de palestras sobre o Bullying com os alunos do Ensino Fundamental e Médio da Escola Estadual Bernadete Santos Leite. O Bullying escolar se resume em insultos, intimidações, apelidos constrangedores, gozações que magoam profundamente, acusações injustas, atuações em grupo que hostilizam e ridicularizam a vida de outros alunos, levando-os à exclusão, além de danos físicos, psíquicos, danos na aprendizagem (FANTE, 2005). Visando combater esse mal, os Policiais Instrutores do PROERD, Sd PM Joseval e Sd PM Rogério tem procurado através de palestras, orientar os alunos, que em sua grande maioria são a “platéia” nos casos de Bullying escolar, a combaterem esse mal que assola a vida de muitas crianças e adolescente das nossas Escolas. Segundo o Instrutor Joseval, as conseqüências dos danos físicos e psíquicos podem levar alunos a terem queda no rendimento escolar e em casos mais graves, o suicídio e homicídio. Esta série de palestras será estendida a todo o município de Jateí, não ficando de fora os Distritos de Nova Esperança e Gleba Nova Esperança.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Foto: Divulgação/Instagram LUTO NA MÚSICA
MC Kevin morre aos 23 anos no Rio de Janeiro
SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe