Menu
SADER_FULL
domingo, 16 de maio de 2021
Busca
Brasil

Polícia Militar forma especialistas em policiamento tático motorizado

24 Jun 2010 - 17h47

Manhã de festa para os 24 policiais militares que terminaram o II Curso de Patrulhamento Tático Motorizado promovido pela Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais (Cigcoe). Depois de 400 horas de aulas práticas e teóricas, em apenas 45 dias desde o início da capacitação, os PMs foram recebidos com fogos para solenidade surpresa de formatura.

 

 

          Impedidos de ter contato com familiares e pessoas estranhas ao curso, bem como televisão e outros meios de comunicação, os policiais não sabiam que a qualificação estava terminando. Desde o fim da manhã de ontem eles estavam em treinamento prático. Quando desembarcaram das viaturas na sede do Comando Geral no Palácio Tiradentes, foram surpreendidos por colegas de farda, amigos e familiares.

 

 

          Primeiro colocado, com um desempenho exemplar, o soldado Eder Fontes Morette alcançou média 9,64 e recebeu das mãos do chefe do Estado-Maior, coronel Luiz Carlos Garcia Gomes, acompanhado pelo comandante da Cigcoe, major Massilon de Oliveira Silva Neto, o brevê de conclusão do curso. Para os demais, a entrega foi feita pelos padrinhos e madrinhas, com os PMs que participaram da primeira edição da capacitação.

 

 

          O curso era direcionado aos policiais militares e aos profissionais de outras forças. Noventa e oito pessoas mostraram interesse, 40 começaram as aulas no dia 10 de maio e 60% se formaram nesta quinta-feira: 14 da Cigcoe, três PMs de Jardim, dois de Campo Grande, dois de Dourados, um de Coxim, um de Fátima do Sul e um de Ponta Porã.

 

 

          Os participantes aprenderam como fazer abordagens, negociar, gerenciar crises, agir em operações de choque, orientar-se e defender-se. Durante o estágio fizeram operações de bloqueio para interceptação de veículos, operação saturação para prender foragidos e apreender armas e drogas, além de operação de choque no presídio para revista das celas. Foram formados para atuar corretamente em ocorrências que exijam medidas de contenção, isolamento e estabilização da crise e para o exercício da atividade de patrulhamento tático de forma segura com uso adequado e proporcional da força.

 

 

          “Hoje é um dia de festa porque nossos companheiros alcançaram seu objetivo de concluir o curso e nós atingimos a nossa meta de formá-los. Esse é um papel a que a Cigcoe se propõe: ser uma unidade escola para ensinar técnicas a outras unidades e instituições policiais. Além de preparar os policiais para atuar nas situações de alto risco, formamos material humano especializado para repassar os conhecimentos e oferecer um serviço técnico de alta qualidade para atender a sociedade da melhor maneira possível. Hoje a vitória é de cada um que contribui com o serviço policial”, disse o major Silva Neto.

 

 

          A capacitação do efetivo é uma das prioridades do comando geral da PMMS. “Essa educação continuada é o ideal almejado pela PM. Treinamentos como esses são fundamentais para melhorarmos a qualidade do serviço prestado à comunidade. Temos que incentivar, agradecer e parabenizar a iniciativa da Cigcoe que realizou o curso sem ônus para o governo. É uma satisfação estar aqui e participar de iniciativas que mostram que a PMMS está evoluindo e buscando cada vez mais destaque no cenário nacional”, concluiu o chefe da Seção de Ensino da PMMS, tenente-coronel Luiz Altino do Nascimento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada