Menu
SADER_FULL
sexta, 30 de outubro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ZANZI
Brasil

Polícia investiga pais suspeitos matar bebê de 5 meses em MS

25 Mai 2010 - 10h20Por Terra

Uma adolescente de 16 anos e um jovem de 23 anos são investigados pela morte do próprio filho, um bebê de 5 meses, que teria sido espancado na tarde de sábado, no município de Três Lagoas (MS), a 338 km de Campo Grande (MS). A criança morreu com traumatismo craniano devido a pancadas na cabeça e apresentava bolhas no pescoço, que podem ter sido provocadas por queimaduras de cigarro. A polícia investiga a causa das lesões e o caso segue em segredo de Justiça.

O Delegado que atendeu o caso, Messias Pires dos Santos Filho, disse que a polícia foi acionada na tarde de sábado para acompanhar uma conselheira tutelar até Hospital Auxiliadora para averiguar um caso de maus tratos contra um bebê.

O bebê foi levado ao hospital pelos pais por volta das 12h e foi internado. O Conselho Tutelar foi acionado pelo médico que realizava os exames na criança, após perceber as lesões na cabeça e as possíveis queimaduras no pescoço. Horas depois o bebê não resistiu às fraturas e morreu.

"De início, os pais da criança não quiseram falar nada. A mãe disse que tinha saído pela manhã e que quando voltou percebeu a lesão no filho, em seguida, foi com o marido ao mercado e depois levaram o bebê para o hospital", afirmou o delegado.

De acordo com Santos Filho, em novo depoimento, a mãe da criança mudou a história e disse que a criança bateu a cabeça em uma barra e ferro, enquanto estava em seu colo, ao passar por uma porta. A mãe disse à polícia que o acidente teria acontecido dias antes da morte.

A conselheira tutelar Michela Sayuri Wagatuma disse que o bebê estava com peso abaixo do normal. "Ele estava abaixo do peso, pesava apenas 4 kg, aparentava ser um bebê recém nascido", disse.

De acordo com o delegado, o laudo necroscópico apontou que a criança morreu em virtude de uma forte pancada na parte posterior da cabeça. A polícia científica fez buscas na casa, mas não encontrou nenhuma evidência que pudesse incriminar os pais.

A polícia investiga ainda a hipótese de que o pai teria tentado agredir a mãe da criança com um pedaço de pau, mas acertou o bebê por acidente, segundo denúncia apresentada pelo Conselho Tutelar.

A adolescente foi apreendida e o marido preso em flagrante por maus tratados e deverão acompanhar o término das investigações sob tutela policial. O caso é investigado pela 2ª Delegacia de Polícia de Três Lagoas e poderá evoluir de maus tratos para homicídio doloso, caso seja comprovada a ação do casal na morte do bebê.

Deixe seu Comentário

Leia Também

INCÓGNITA
Governo ainda não definiu como será o 13º de quem teve corte salarial
ANTICORPOS
Bebê nasce com anticorpos contra covid-19
Vítima contou violência sexual para a tia ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Idoso é denunciado por estuprar filha de amigos e a enteada
FENÔMENO DA NATUREZA
Evento raro: Lua Azul poderá ser vista no Dia das Bruxas
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa deposita auxílio emergencial nesta 5ª feira para nascidos em novembro
FOI MAL
Bolsonaro recua e revoga decreto que facilita privatização dos postos do SUS
90% RECUPERADOS
Brasil tem 158,4 mil mortes por covid-19 desde início da pandemia
ASSEDIO SEXUAL
Dono de loja é preso por estuprar jovem na entrevista de emprego
100 PAGAMENTOS
Mais de 17 milhões devem ficar sem todas as parcelas do auxílio
ASSALTANTES
Apresentador da Record sequestrado é achado em RR teve braços quebrados e amarrados