Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 24 de setembro de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Polícia do Paraguai mata a tiros líder de grupo armado

4 Set 2010 - 08h24Por Dourados News

Gabriel Zárate Cardozo, um dos homens mais procurados do Paraguai e apontado como chefe de um pequeno grupo armado responsável por sequestros e assassinatos, foi morto a tiros, nesta sexta-feira, após confronto ocorrido no Departamento de Canindeyú, na fronteira com o Mato Grosso do Sul, onde coexistem assentamentos camponeses, fazendas de pecuária e cultivos ilegais de maconha.

De acordo com o governo local, Gabriel morreu num hospital, após levar dois tiros no tórax e abdômen. Ele é o segundo líder do EPP (Exército do Povo Paraguaio) a ser morto pela polícia em dois meses, conforme informações do portal Bol.

Acusado de pelo menos quatro sequestros, inclusive o da filha do ex-presidente Raúl Cubas, assassinada no cativeiro em 2004, o grupo também teria cometido ataques contra postos policias e militares e outros assassinatos nos últimos anos.

O ministro do Interior, Rafael Filizzola, disse que Zárate estava armado com um fuzil M16 e um revólver, e acompanhado por outra pessoa que conseguiu escapar durante o confronto.

Zárate era suspeito do assassinato de um professor, ocorrido na quinta-feira, na mesma região. Moradores da região diziam que a vítima colaborava com as autoridades policiais, o que o Ministério do Interior negou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Só queria que me entendessem sem preconceito! PRECONCEITO
Jovem é expulso de casa ao assumir namoro com mulher trans
Yan e um comparsa renderam mãe e filha na rua CRIMINOSO
Bandido morto pela PM arrancou família de carro e agrediu mulher uma semana antes
O diesel não sofreu reajuste. + ALTA
Gasolina sobe 4% nas refinarias, anuncia Petrobras
O total de mortes causadas por covid-19 chega a 138.108, um acréscimo de 0,6% sobre a soma de segunda Saúde
Covid-19: Brasil tem 33,5 mil novos casos e 836 mortes em 24 horas
HERANÇA PORTUGUESA
A herança portuguesa na vida cotidiana do Brasil
Os beneficiários nascidos em janeiro  3,9 milhões de pessoas  poderão sacar AJUDA FINANCEIRA
Caixa paga nova parcela do auxílio emergencial para 5,6 milhões de pessoas
o maior programa de assistência aos mais pobres no Brasil e talvez um dos maiores do mundo PRESIDENTE NA ONU
Bolsonaro diz que brasileiros receberam mil dólares de auxílio
Imagem: Reprodução/Balanço Geral Londrina FUGA EM MASSA
Presos fogem de cadeia após surto de Covid-19
Material estava dentro de uma bexiga e enrolado com fita isolante PROFUNDEZAS DO CRIME
8 celulares e outros materiais são retirados do ânus de preso
Na Pandemia, filas são imensas na CEF de Fátima do Sul-MS AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa libera hoje saques do auxílio emergencial para mais 3,6 milhões