Menu
SADER_FULL
quinta, 21 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Polícia descobre farsa em seqüestro de jornalista

22 Ago 2006 - 08h39
A polícia de São Paulo desmontou uma versão falsa relativa ao seqüestro do repórter da TV Globo Guilherme Portanova e do cinegrafista Alexandre Calado - atribuído à facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC).

A polícia descobriu que o Vectra usado para seqüestrar os funcionários da emissora, no último dia 12, na capital paulista, foi furtado pelo manobrista Luciano José da Silva em um estacionamento no Itaim-Bibi, na zona sul. Silva, que desapareceu após o episódio junto com sua família, terá a prisão temporária solicitada hoje à Justiça, por suspeita de envolvimento com o seqüestro.

A versão inicial dada à polícia pelos donos do estacionamento, agora desmentida, era de que o carro foi roubado por assaltantes enquanto era manobrado. Os proprietários, Edson Roberto dos Santos e Fábio Renato Santos, confessaram que registraram o caso como roubo para receber o seguro e não ter de bancar o ressarcimento do cliente. O Vectra foi encontrado incendiado horas depois do seqüestro.

A polícia afirmou que, como Edson e Fábio não ingressaram com os papéis do seguro, não foi configurado crime de fraude.

 

Terra Redação

Leia Também

VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ele nos amou primeiro
AUXILIO EMERGENCIAL
Presidente está de acordo a prorrogação do auxílio emergencial
TRAGICO ACIDENTE
Menino de 9 anos morre enforcado com corda de balanço