Menu
ASSEMBLEIA DEZEMBRO 2021
sexta, 3 de dezembro de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

PMA prende 2 pescadores e 2 caçadores no Pantanal

18 Fev 2010 - 14h51Por Mídia Max
Policiais Militares Ambientais de Corumbá/MS, em fiscalização na região da Estrada-Paque, próximo ao Porto da Manga, no Pantanal, prenderam ontem à noite, 2 pescadores com 92 kg de pescado. Irailton Oliveira Santana, vulgo “baianinho”, de 36 anos, comerciante e Marcelo Nunes Monteiro, de 39 anos, motorista, residentes em Corumbá, foram surpreendidos em um veículo S-10, de cor preta, placas HTG 6976 de Corumbá/MS e na carroceria, os policiais encontraram 80 Kg de pescado da espécie cachara (filetados); 12 Kg de pescado da espécie pacu com as medidas: 40,0 cm; 41,0 cm; 42,0 cm e dois de 43,0cm - tamanhos inferiores ao permitido pela legislação vigente, que é de 45,0 cm.

O material e o veículo foram apreendidos. Os pescadores receberam voz de prisão e foram conduzidos, juntamente com o material apreendido, à delegacia de Polícia Civil de Corumbá, onde foram autuados em flagrante por crime ambiental. Se condenados, os autuados poderão pegar pena de 01 a 03 anos de detenção. Além disso, cada autuado recebeu multa administrativa no valor de 2.840,00.

A mesma equipe abordou um veículo Toyota Bandeirantes, placas HQX 8013, de Corumbá/MS e apreendeu 03 unidades de animais silvestres abatidos (veado campeiro), totalizando 45 Kg de carne 06 Kg de carne de jacaré; 05 unidades de animais abatidos (porco monteiro), totalizando 150 Kg de carne; 25 Kg de lingüiça, além de 01 revólver calibre 38; 02 revólveres calibre 22; 01 carabina calibre 22 com capacidade para 15 tiros; 30 munições calibre 38 intactas; 39 munições calibre 22 intactas; 07 facas apropriadas para caça.

As armas, o veículo e produtos de caça apreendidos e pertenciam a Nestor José De Souza, de 53 anos, residente em Corumbá, que praticara a caça ilegal e que vinha com destino a cidade de Corumbá. Ele foi autuado e recebeu multa no valor de R$ 4.500,00, por matar animais silvestres e também preso por porte ilegal de armas de fogo. Nestor também foi conduzido, juntamente com o material de caça e armas, para a Delegacia de Polícia Civil da cidade de Corumbá/MS, onde foi autuado em flagrante pelo crime de caça e porte ilegal de arma. O envolvido nos ilícitos informou que efetuou a caça, juntamente com Martinho Da Rosa Moraes, de 48 anos, residente em Corumbá e abateram os animais silvestres, no pantanal da região da Nhecolândia, a 100 Km distante da Cidade de Corumbá/MS. Este também responderá pelo crime e receberá multa, assim que seja localizado.

As penas para os crime são: Pena – detenção de seis meses a um ano e multa (caçar, matar animais silvestres). Pena – reclusão, de dois a quatro anos, e multa (porte ilegal de arma de fogo).

Leia Também

ABUSO DE AUTORIDADE
PM arrasta homem negro algemado em moto; "Como na escravidão", diz gravação
REVOLTANTE
Índia de 13 anos violentada pelo avô busca ajuda e acaba estuprada por 4 em unidade saúde
DOENTIO
Mulher descongela geladeira e encontra corpo de bebê escondido em sacola
PONTE BIOCEÂNICA
Ponte Bioceânica vai ganhar nova data de lançamento; Bolsonaro e Marito participam
AÇÕES DO GOVERNO MS
Com estados da região Sul, Azambuja quer integração ferroviária e união para redução de carbono
PIX SAQUE
Pix Saque começa hoje:comércio vê nova ferramenta como chamariz para clientes,mas teme por segurança
TRAGÉDIA NA LINHA DO TREM
vítima comemorou aniversário do marido um dia antes de morrer com a filha em acidente com trem
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 229 óbitos e 9,2 mil novos casos
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid-19: Brasil registra 303 mortes e 12.126 casos em 24 horas
DESESPERO
Vídeo: veja momento em que calçada cede e pessoas caem em rio