Menu
SADER_FULL
quinta, 2 de julho de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

PMA apreende 446 botijões e multa em R$ 8,6 mil empresa por transporte ilegal de gás

17 Set 2013 - 17h45Por Notícias MS

Policiais Militares Ambientais de Costa Rica abordaram no final da tarde de ontem (16), no bairro da cidade, um caminhão transportando gás de cozinha (GLP – Gás Liquefeito de Petróleo) ilegalmente. O deslocamento do material estava sendo feito de Campo Grande para aquele município e a empresa estava sem a licença ambiental que permite o transporte.

O veículo carregado com 446 botijões pertence a uma empresa transportadora da Capital que foi multada em R$ 8.597,50. Tanto produto quanto o veículo, com o condutor, foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Costa Rica. Os responsáveis pela empresa poderão responder por crime ambiental de transporte ilegal de produtos perigosos, que prevê pena de prisão de um a quatro anos.

Esta é a segunda apreensão de gás ocorrida em Costa Rica no último mês. No dia 21 de agosto, um total de 509 botijões foram apreendidos também por falta de licença ambiental.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ELEIÇÕES 2020
Câmara dos Deputados aprova em primeiro turno adiamento das eleições municipais de 2020
100 INTERMEDIÁRIO
Venda direta de etanol das usinas para postos pode aumentar concorrência, diz Bolsonaro
CICLONE BOMBA NO BRASIL
CICLONE BOMBA: Sobe para 10 o número de mortos no Sul do país, VEJA OS ESTRAGOS
FURIA DA NATUREZA
Ao menos nove pessoas morreram devido a ciclone que atingiu Região Sul
NOTÍCIA BOA - BORA COMPARTILHAR
Teste de vacina de COVID-19 funciona e Pfizer pode produzir 1 bi de doses
FÁTIMA DO SUL - INAUGURADO
Fátima do Sul é a escolhida para a 4ª Unidade do Posto Alvorada que comemora 20 anos de sucesso
COVID-19
Brasil tem 1.409.693 casos de Covid-19, aponta consórcio de veículos da imprensa em boletim das 8h
TORMENTA
Tempestade e ventos fortes causam destruição em cidade: “Parece filme de terror”
DIDI
Renato Aragão deixa a Globo, após 44 anos
+ 1.200 REAIS
Governo vai aceitar pagar mais duas parcelas de R$ 600 do auxílio emergencial