Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 24 de outubro de 2020
SADER_FULL
Busca
ZANZI
SAÚDE

Planos de saúde podem subir até 6,73%, estabelece a ANS

12 Jun 2010 - 06h58Por G1

As mensalidades dos planos de saúde vão ficar mais caras. A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) definiu em 6,73% o índice máximo de reajuste para os planos de saúde individuais e familiares contratados a partir de janeiro de 1999.

O percentual incidirá sobre os contratos de cerca de 7,4 milhões de consumidores, ou 13% dos cerca de 56 milhões de usuários de planos de saúde no Brasil. Os demais planos são coletivos ou empresariais.

O reajuste será aplicado a partir da data de aniversário de cada contrato. A ANS alerta que, ao receber o próximo boleto, o consumidor deve observar se o percentual do aumento está devidamente identificado, além de ficar atento a eventuais cobranças de valores retroativos.

As cobranças retroativas só são permitidas caso haja defasagem de até três meses entre a data do aniversário do contrato e a primeira aplicação do reajuste.

Novos procedimentos

O reajuste divulgado nesta sexta não contempla a ampliação da cobertura dos planos de saúde, que entrou em vigor no último dia 7. O impacto dos novos procedimentos no valor das mensalidades só será avaliado pela ANS no ano que vem.

Desde a última segunda-feira, os planos são obrigados a cumprir 70 novos exames e procedimentos. Destes, 16 são da área odontológica, como a colocação de coroas e blocos. Outros 54 são avanços da medicina, como as cirurgias menos traumáticas feitas com auxílio do vídeo, o transplante de medula e exames genéticos e de imagem.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SIM A VIDA
Brasil se une a Egito, Indonésia, Uganda, Hungria e EUA em declaração contra o aborto
Invasão em residência acaba morador morto por tiro acidental TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem mata o próprio irmão ao atirar em invasor de residência
GUERRA DA VACINA
Bolsonaro diz que não comprará vacina chinesa, mesmo se aprovada pela Anvisa
Motorista da carreta diz que ainda tentou desviar, mas não conseguiu DOENÇA DO SÉCULO
Menor pega carro escondido, joga contra carreta e morre na hora
BRASIL - 155.403 MORTES
Covid-19: Brasil tem 24.818 novos casos em 24 horas
AJUDA
Caixa Econômica paga auxílio emergencial para 5,2 milhões de beneficiários
CORONAVIRUS
Morre voluntário brasileiro que participava de testes da vacina de Oxford
MORTE SUBITA
Idoso morre em voo de Cuiabá para SP; avião faz pouso de emergência
BRASIL - 154.176 MORTES
Covid-19: Brasil tem mais 271 óbitos e 15.383 novos casos em 24h
TRAGÉDIA NA CIDADE
Acidente entre trem e e micro-ônibus deixa uma mulher morta e feridos