Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 16 de janeiro de 2021
Busca
Brasil

Planos de saúde lideram ranking de atendimentos do Idec em 2010

2 Mar 2011 - 08h28Por Folha Online

Pelo 11º ano consecutivo, o setor de planos de saúde ficou em primeiro lugar no ranking anual de atendimentos do Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor), divulgado nesta terça-feira.

O balanço do Idec de 2010 contabilizou 11.353 atendimentos a seus associados, sendo 5.019 referentes a orientações de consumo e 6.334 orientações sobre ações judicias. As reclamações relacionadas aos planos representaram 14,5% do total.

A novidade no ranking deste ano é que os produtos eletroeletrônicos (celulares, eletrodomésticos etc.) ficaram sem segundo lugar, ultrapassando o setor financeiro e de telecomunicações, com 14,3% do total.

O balanço do Idec é uma amostra nacional que indica os assuntos prioritários entre os problemas enfrentados pelos consumidores. Mas, diferentemente do Idec, os Procons do Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor não recebem queixas relacionadas aos planos de saúde coletivos, que representam 70% do mercado.

Em 2010, pela crescente demanda referente a problemas relacionados a produtos eletroeletrônicos --celulares, linha branca, eletrodomésticos e eletrônicos-- o Idec diferenciou o sistema de registro desse item, que antes constava dentro do grupo de produtos em geral. Desde 2007, o item se mantinha na quarta posição do ranking, mesmo somado a outros como medicamentos e alimentos.

Neste ano também foi ser verificado um aumento significativo dos atendimentos relacionados à energia elétrica, veículos, educação, lazer e entretenimento, que representaram 20% de todos os itens da categoria "outros" (onde também também constam transportes, água e saneamento, medicamentos, alimentos, imóveis e prestação de serviço por profissionais liberais).

 

Demanda de atendimento no Idec
Setor 2007 2008 2009 2010
Planos de saúde 17,1% 21,8% 22,38% 14,53%
Produtos* 12,2% 14,8% 12,34% 14,33%
Financeiro 14% 17,5% 13,09% 14,17%
Telecomunicações 13,8% 20,5% 19,48% 13,17%
Outros 42,9% 25,4% 32,71% 43,81%

*A partir de 2010 passou a englobar apenas produtos eletroeletrônicos (linha branca, celulares, eletrodomésticos etc.)

CONTRAPONTO

De acordo com o IESS (Instituto de Estudos de Saúde Suplementar), os números do Idec podem ser explicados devido à entidade concentrar associados que são consumidores insatisfeitos.

De acordo com o instituto, o ranking dos Procons em 2010 classificou o setor de saúde como responsável por 3,21% das reclamações. O Idec lembra, porém, que os Procons não recebem queixas relacionadas aos planos de saúde coletivos, que representam 70% do mercado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAIU O EDITAL
Com salário de até R$ 23,6 mil, Polícia Federal abre inscrição em concurso no dia 22
DESESPERO EM MANAUS
Médicos e familiares de pacientes descrevem colapso com falta de oxigênio em Manaus; leia relatos
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa libera saque da última parcela do auxílio emergencial a aniversariantes em julho
HORROR NA NOITE
Crianças são encontradas chorando ao lado de corpos de pais assassinados
DOR E DESCASO
Filho é obrigado abrir cova para enterrar próprio pai por não encontrar coveiro em cemitério
SEUS DIREITOS
Trabalhador afastado por Covid-19 tem direito a auxílio-doença do INSS
COM DESCONTOS
Veja as opções de pagamento do IPVA com desconto
CASA PRÓPRIA
Casa Verde e Amarela substitui Minha Casa Minha Vida com opção para renegociar dívidas e menos juros
FINALISTA LIBERTADORES
Santos atropela Boca Jr e terá o Palmeiras numa final Brasileira
TRAGÉDIA NA PONTE
Motorista morre após caminhão cair de ponte