Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 12 de junho de 2021
Busca
Brasil

Plano Estadual de Recursos Hídricos já é realidade no MS

23 Mar 2010 - 10h28Por Governo do Estado de Mato Grosso do Sul
No Dia Mundial da Água, celebrado hoje (22), Mato Grosso do Sul já conta com um Plano Estadual de Recursos Hídrico (PERH), que prevê a gestão dos recursos hídricos para os próximos anos em Mato Grosso do Sul.


O Plano, aprovado em novembro de 2009, em reunião extraordinária do Conselho Estadual de Recursos Hídricos, foi lançado oficialmente no dia 22 de dezembro de 2009, pelo governador André Puccinelli, durante o 18º Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, realizado em Campo Grande. Cópias digitais do PERH foram disponíveis para os interessados no estande do Governo do Estado, que foi montado no Simpósio. O PERH está em faze de editoração.

Ao todo foram dois anos de trabalho para elaborar o plano, que contempla o diagnóstico da situação dos recursos hídricos do Estado, apresenta o prognóstico para os próximos anos e traz os programas a serem desenvolvidos em âmbito estadual, compreendidos como ações preventivas nas áreas de desenvolvimento e fortalecimento institucional, planejamento e gestão e conservação do solo, água e ecossistemas. Estas ações, reunidas em 16 programas, serão executadas nos próximos quatro anos.

O PERH foi elaborado pela Secretaria de Meio Ambiente, do Planejamento, da Ciência e Tecnologia (Semac) em conjunto com o Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasu)l e contou com o apoio financeiro e técnico da Secretaria de Recursos Hídricos e Ambiente Urbano (SRHU) do Ministério do Meio Ambiente (MMA).

Participaram do PERH representantes de instituições de ensino e pesquisa, representantes de serviços de água e esgoto, indústrias, pescadores, navegação, turismo, justiça, municípios, consórcios e comitês de bacias hidrográficas, além de organizações da sociedade civil e representantes da Organização dos Estados Americanos (OEA).

O PERH abrange o uso de águas superficiais e subterrâneas, elencando aspectos positivos e as principais dificuldades.

Durante a sua elaboração, um dos problemas identificados foi a dinâmica de uso e a qualidade da água. Situações como a rede de esgoto e o descarte de produtos nos ecossistemas precisam ser reavaliados no Estado.

Sobre a quantidade de recursos hídricos, o Estado está localizado sobre o Aquífero Guarani, um gigantesco repositório subterrâneo de água potável, que também foi tema de estudo e de discussão durante a elaboração do PERH.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CÓDIGO DE TRÂNSITO
Mudanças no código de trânsito brasileiro e suas implicações para motoristas
ESPORTE PELO MUNDO
Em fase artilheira no Cazaquistão, lateral Bryan, ex-Cruzeiro, valoriza presença e relacionamento
FOTO: Só Notícias / Luan Cordeiro / ASSESSORIA COPA AMÉRICA 2021 - NO BRASIL
COPA AMÉRICA: Confira as 06 Seleções que jogarão na Arena Pantanal
biden vacinas capa 696x487 SOLIDARIEDADE
Biden anuncia que vai mandar vacinas para o Brasil e outros países
FENÔMENO RARO
Junho tem Eclipse Solar, Lua de Morango e dia mais longo do ano
PROTESTOS PELO BRASIL
29M pelo fora Bolsonaro chegou a mais de 200 cidades e ganhou as redes sociais
ATENTADO AO PUDOR
Prostitutas exibem partes íntimas no meio da rua, moradores reclamam, Vídeos
NA BRONCA
Bolsonaro aciona STF contra decretos estaduais que impõem restrições para conter Covid-19
BARBÁRIE
Homem encontra partes do corpo do filho em rio
FENÔMENO RARO
Super Lua de Sangue e Eclipse total acontece nesta quarta