Menu
SADER_FULL
domingo, 24 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Plano de saúde paga tratamento de obesidade

18 Set 2006 - 15h33
Uma dona-de-casa de 39 anos conseguiu que o tratamento de obesidade mórbida fosse pago pelo seu plano de saúde, graças a uma decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Ela, que tem 139 kg, já havia sido beneficiada por uma liminar concedida pela 2ª Vara Especializada de Defesa do Consumidor da Bahia, a qual determinou o pagamento de internação em spa com diária no valor de R$ 1 mil, medicamentos e exames necessários.

De acordo com o médico da paciente, ela precisa do tratamento pois seu índice de gordura corporal é de 48 quilos por metro quadrado, enquanto que acima de 40 já é considerado problema mórbido.

As seguradoras de plano de saúde consideram internação em spa como tratamento estético e costumam recusarem-se a pagar. Além disso, o plano de saúde da dona-de-casa alega má-fé por parte dela, porque ela registrou peso de 82 kg no contrato assinado em 19 de setembro de 2005.

Apesar disso, ela ganhou o tratamento. Entretanto, a decisão é provisória e, caso a liminar seja suspensa, a mulher perderá o direito à internação.

 

 

Terra

Leia Também

LIÇÕES DA BÍBLIA
Circuncidem seu coração
OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA