Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 23 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Planejamento virou prioridade nos últimos anos em MS

4 Dez 2006 - 13h48

O Estado de Mato Grosso do Sul foi criado administrativamente sob a égide do planejamento. Todavia, foi em anos recentes, sobretudo a partir de 1998, que essa estratégia se mostrou mais presente nas ações de governo com um planejamento que agora está voltado para as dimensões econômica, socioambiental, político-institucional, científica e tecnológica.

São essas dimensões que colocam a trajetória histórica do planejamento governamental de Mato Grosso do Sul com reconhecida importância no contexto nacional.

Entre essas ações destaca-se a realização, em 1999, do MS 2020 e, em 2001, o detalhamento desse projeto com a elaboração dos Planos Regionais de Desenvolvimento (PRD) e a conseqüente constituição dos Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes) para cada uma das oito regiões geográficas delimitadas para fins de planejamento regional.

Resgatando um pouco mais da gênese do PRD, em 1999, o governo estadual, por meio da Secretaria de Planejamento e de Ciência e Tecnologia (Seplanct-MS), em convênio assinado com a Companhia de Gás do Estado de Mato Grosso do Sul (MSGÁS), solicitou da empresa privada de planejamento Macoplan – Prospectiva & Estratégia, sediada em Brasília, proposta técnica para a execução de estudos prospectivos e construção de novos cenários para Mato Grosso do Sul.

O resultado desse estudo foi a elaboração de um documento denominado “Cenários e Estratégias de Longo Prazo MS 2020”, o qual apresenta diagnóstico econômico e social desta unidade da federação, as perspectivas de desenvolvimento e os cenários alternativos, possíveis de serem alcançados nos próximos 20 anos. Com tais pressupostos, no interior do referido estudo constam quatro cenários possíveis para Mato Grosso do Sul, os quais foram denominados: O Vôo do Tuiuiú; Piracema; Rapto do Predador e Estouro da Boiada.

As oficinas regionais realizadas para construção coletiva e participativa dos Planos Regionais de Desenvolvimento, as reuniões de trabalho dos Coredes e as atividades realizadas pelos técnicos do governo do Estado aliadas às recentes transformações em todas as escalas – desde a mundial até a estadual - impõem a necessidade de continuidade e atualização do processo de operacionalização do planejamento estatal pós-1999, visando traçar os rumos para o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul a partir da superação de práticas anteriores que valorizaram o imediatismo em detrimento do futuro; o econômico em detrimento do social e do ambiente e a tecnocracia em detrimento da participação da sociedade na definição das ações prioritárias de planejamento.

Neste contexto, a Secretaria de Estado de Planejamento, Ciência e Tecnologia iniciou, em 2004, estudos e análises para constituição dos cenários possíveis para Mato Grosso do Sul, projeto denominado de MS 2025.

O objetivo central deste trabalho - que será lançado oficialmente nesta terça-feira (5) - é a revisão do planejamento de longo Prazo de Mato Grosso do Sul e estabelecer o cenário base para auxiliar o planejamento das ações governamentais visando ao desenvolvimento de Mato Grosso do Sul com base na democracia, na diminuição das desigualdades sociais e na valorização ambiental.

 

 

MS Notícias

Leia Também

OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ele nos amou primeiro