Menu
SADER_FULL
domingo, 28 de novembro de 2021
Busca
Brasil

Pílula freia câncer de pele e aumenta índices de sobrevivência

20 Jan 2011 - 14h18Por Agêcia EFE

Uma nova pílula em fase de testes em hospitais britânicos e em outros países freia o avanço do melanoma (câncer de pele) e aumenta os índices de sobrevivência da doença em comparação com os tratamentos frequentes.

Os resultados dos testes realizados no The Royal Marsden Hospital, de Londres e de Surrey, são encorajadores, informa nesta quinta-feira o jornal britânico "The Daily Telegraph".

Conhecido até o momento como RG7204, o novo fármaco ataca um gene defeituoso presente na metade dos casos de melanoma.

A incidência do câncer de pele multiplicou-se por quatro nos últimos 30 anos no Reino Unido, muito mais do que qualquer outro tipo de câncer.

Os pesquisadores não revelaram quanto mais esperança de vida têm os doentes que estão recebendo o novo fármaco porque o estudo ainda não foi publicado, tampouco apresentado em nenhuma conferência médica.

O estudo, do qual participam 680 pessoas de todo o mundo, indica que em 70% dos casos aconteceu uma diminuição do tumor.

Segundo o diário britânico, o laboratório fabricante, o suíço Roche, está negociando uma licença para administrar a pílula para pacientes em fase avançada da doença.

Leia Também

COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 229 óbitos e 9,2 mil novos casos
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid-19: Brasil registra 303 mortes e 12.126 casos em 24 horas
DESESPERO
Vídeo: veja momento em que calçada cede e pessoas caem em rio
PÂNICO NO AEROPORTO
Vídeo mostra passageiros gritando e muito desespero em avião da Azul; veja
EMBOSCADA
Jovem morre após ser atingida por tiro na cabeça
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid -19 casos sobem para 22,043 milhões e mortes, para 613,3 mil
ESTUPRO DE VUNERALVEL
Menina de 11 anos conta para avô que é estuprada pelo padrasto
CRUELDADE
Justiça nega exame de insanidade a mulher que esquartejou filho
MANIACO SEXUAL
Homem é filmado passando a mão em mulher no meio da rua
+ AUMENTO
Conta de luz deve subir mais de 20% no ano que vem, estima ANEEL