Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 5 de junho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

PF não chega a acordo e ameaça greve de 72 horas

9 Mai 2007 - 10h28
Os policiais federais não aceitaram a proposta feita pelo governo federal na terça-feira (8) de pagar o reajuste salarial de 30% em três parcelas em 2008, 2009 e 2010. Uma nova reunião entre os representantes da PF e do Ministério do Planejamento deve acontecer na sexta-feira (11) ou na segunda-feira (14).
 
Em nota, o presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), Sandro Torres Avelar, disse que considerou a proposta "inaceitável". A Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) informou que a categoria está insatisfeita.
 
Os policiais alegam que o governo havia se comprometido a pagar o reajuste no ano passado. Por isso, eles não aceitam o parcelamento a longo prazo.
 
 Greve de 72 horas
Os policiais federais haviam marcado uma paralisação de 48 horas entre os dias 7 e 8 de maio. Como a reunião com o Ministério do Planejamento foi marcada, o protesto foi cancelado.
 
Os trabalhadores afirmam, entretanto, que estão mobilizados e, caso não haja acordo, será realizada uma greve de 72 horas entre os dias 22, 23 e 24 deste mês.

 

 

 

G1


Deixe seu Comentário

Leia Também

VÍDEO - CAPIVARA BOA DE MERGULHO
Capivara boa de mergulho é flagrada em rio de MS, assista
CASO DE POLÍCIA
Patroa é presa sob suspeita de homicídio culposo após filho de empregada cair do 9º andar
LUTA PELA VIDA
Cantora gospel que morreu por coronavírus, fez vaquinha para pagar tratamento
ELEIÇÕES 2020
Vai ter eleição, TSE autoriza convenções partidárias virtuais para eleição deste ano
BOA NOTICIA
Auxílio emergencial deve ser estendido em mais duas parcelas de R$ 300
TRAGEDIA
Empregada vai passear com cachorro, deixa filho com patroa e menino morre ao cair de prédio
FUTEBOL
Clubes de futebol brasileiros se unem contra homofobia
ASSUSTADOR E REAL NO BRASIL
Com uma morte por minuto, Brasil registra 1.349 mortes por coronavírus nas últimas 24h, novo recorde
JULGAMENTO
TSE julga se cassa Bolsonaro e vice a partir de terça
AUXILIO DOENÇA
Como pedir concessão e prorrogação do auxílio-doença durante pandemia