Menu
SADER_FULL
segunda, 27 de setembro de 2021
Busca
Brasil

PF: mulher fingia ser ministra do STJ em ações criminosas

20 Jan 2011 - 16h46Por Redação Terra

Uma operação da Polícia Federal deflagrada na quinta-feira apontou que uma mulher se passava por uma ministra de do Superior Tribunal de Justiça (STJ) para obter vantagens econômicas como parte de um grupo investigado por crimes contra o sistema financeiro nacional, falsidade documental, estelionato e lavagem de dinheiro.

Dos 33 mandados de busca e apreensão expedidos, 24 foram cumpridos nos Estados do Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, São Paulo e no Distrito Federal. Ninguém foi preso até o momento, mas espera-se identificar outros envolvidos no esquema.

Segundo informações da PF, as investigações da chamada Operação Grammata começaram a ser feitas em fevereiro do ano passado pelo Grupo de Repressão a Crimes Financeiros e Lavagem de Dinheiro no Rio Grande do Sul. Os oficiais apuraram uma possível prática do crime de evasão de divisas e lavagem de dinheiro na fronteira com a Argentina e foi detectado o envolvimento de outras células de atuação em outras localidades.

A atividade da quadrilha consistia em captar recursos de terceiros para serem empregados em transações de compra e venda de títulos da dívida pública, em especial letras do tesouro nacional (LTN) da década de 1970, em sua maioria falsificadas. Alguns títulos também eram usados para servir de lastro financeiro em financiamentos internacionais e como ativos financeiros para inflar patrimônio de empresas.

Leia Também

DESASTRE AÉREO
Diretor da UPA que sofreu acidente aéreo no Pantanal morre em hospital
COVID-19
Covid-19: Brasil tem 15,7 mil novos casos e 537 mortes em 24 horas
+ AUMENTO
Gasolina sobe pela 8ª semana seguida nos postos, aponta ANP
PAN AMERICANO JUNIOR
Atleta de MS carregará as cores do Brasil no vôlei de praia nos Jogos Pan-Americanos Júnior
LIÇÕES DA BÍBLIA
Prefácio de Deuteronômio
ROTA BIOCEÂNICA
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
CASTELO DE AREIA
Idoso casa com prostituta 35 anos mais nova e flagra com outro
DOENÇA DO SÉCULO
Servidor público é encontrado pendurado em árvore
COVID-19
Ministra de Bolsonaro testa positivo para Covid e cancela agenda em Nova Andradina
ASSUSTADOR
Homem encontra boneca na parede com bilhete misterioso: "obrigada por me libertar"