Menu
SADER_FULL
quarta, 22 de setembro de 2021
Busca
Brasil

PF faz palestra em aldeias de MS sobre ácool e armas

2 Jul 2010 - 06h10Por MS Notícias

No período de 21 a 25 de junho a Polícia Federal iniciou um trabalho de conscientização e desarmamento junto à população indígena do estado. A operação, de caráter essencialmente preventivo, nesta primeira fase consistiu em palestras realizadas pelos policiais dentro das aldeias visando alertar sobre os males e perigos advindos do uso de bebidas alcoólicas e das armas de fogo que eventualmente estivessem dentro das aldeias em situação ilegal.

O trabalho realizado junto à comunidade indígena surtiu grande efeito, tendo sido entregues, espontaneamente pelos índios, 10 armas de fogo, de diversos calibres, na Aldeia Alves de Barros, localizada dentro da reserva indígena conhecida como Campo dos Índios, no município de Porto Murtinho, distante 450 quilômetros da capital. “Esse trabalho é de suma importância, já que previne a violência dentro das aldeias e aproxima os indígenas do próprio Estado, ali representado pela Polícia Federal”, afirma o delegado Marcelo Alexandrino, que participou da operação.

Os policiais também atuaram junto aos comerciantes das cidades mais próximas da aldeia indígena, sobretudo no sentido de ressaltar a proibição da venda de bebidas alcoólicas aos indígenas.“Isso é apenas o início de um trabalho que a Polícia Federal realizará de forma contínua, e que alcançará todas as aldeias indígenas do estado de Mato Grosso do Sul”, disse o chefe do da Delegacia de Defesa Institucional da PF, delegado Alcídio de Souza.

Deixe seu Comentário

Leia Também

HOMICIDIO X SUICÍDIO
Marido mata esposa e tira própria vida; criança de 3 anos pede socorro a vizinho
NEGLIGÊNCIA
Criança de 2 anos ao volante mata prima de 3 anos atropelada
CARROS SEMINOVOS
Como fazer uma boa escolha de veículos seminovos
LUTO NA TV
Ator Luis Gustavo morre aos 87 anos, vítima de câncer
EM DECLINIO
Covid-19: Brasil registra 21,2 milhões de casos e 590,7 mil mortes
TSUNAMI NO BRASIL?
Brasil pode ser atingido por tsunami; entenda
SERPENTE
Rapaz de 18 anos é atacado por jararaca durante pescaria
TRIBUNAL DO CRIME
Traficantes enterram mulher viva para vingar denúncia
TEMPESTADE
Temporal derruba árvore sobre carros e deixa bairros no escuro
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas