Menu
SADER_FULL
segunda, 26 de outubro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

PF faz palestra em aldeias de MS sobre ácool e armas

2 Jul 2010 - 06h10Por MS Notícias

No período de 21 a 25 de junho a Polícia Federal iniciou um trabalho de conscientização e desarmamento junto à população indígena do estado. A operação, de caráter essencialmente preventivo, nesta primeira fase consistiu em palestras realizadas pelos policiais dentro das aldeias visando alertar sobre os males e perigos advindos do uso de bebidas alcoólicas e das armas de fogo que eventualmente estivessem dentro das aldeias em situação ilegal.

O trabalho realizado junto à comunidade indígena surtiu grande efeito, tendo sido entregues, espontaneamente pelos índios, 10 armas de fogo, de diversos calibres, na Aldeia Alves de Barros, localizada dentro da reserva indígena conhecida como Campo dos Índios, no município de Porto Murtinho, distante 450 quilômetros da capital. “Esse trabalho é de suma importância, já que previne a violência dentro das aldeias e aproxima os indígenas do próprio Estado, ali representado pela Polícia Federal”, afirma o delegado Marcelo Alexandrino, que participou da operação.

Os policiais também atuaram junto aos comerciantes das cidades mais próximas da aldeia indígena, sobretudo no sentido de ressaltar a proibição da venda de bebidas alcoólicas aos indígenas.“Isso é apenas o início de um trabalho que a Polícia Federal realizará de forma contínua, e que alcançará todas as aldeias indígenas do estado de Mato Grosso do Sul”, disse o chefe do da Delegacia de Defesa Institucional da PF, delegado Alcídio de Souza.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BARBÁRIE
Marido mata mulher a facadas dentro de casa durante almoço de domingo
CAPOTAMENTO
Carro capota várias vezes ao fazer curva na MT-412 e mata fotógrafo
BRASIL - 157.134 MORTES
Brasil acumula 5,3 milhões de casos e 157 mil mortes por covid-19
AJUDA FINANCEIRA
Caixa paga 2ª parcela de R$ 300 da extensão do auxílio emergencial
SIM A VIDA
Brasil se une a Egito, Indonésia, Uganda, Hungria e EUA em declaração contra o aborto
Invasão em residência acaba morador morto por tiro acidental TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem mata o próprio irmão ao atirar em invasor de residência
GUERRA DA VACINA
Bolsonaro diz que não comprará vacina chinesa, mesmo se aprovada pela Anvisa
Motorista da carreta diz que ainda tentou desviar, mas não conseguiu DOENÇA DO SÉCULO
Menor pega carro escondido, joga contra carreta e morre na hora
BRASIL - 155.403 MORTES
Covid-19: Brasil tem 24.818 novos casos em 24 horas
AJUDA
Caixa Econômica paga auxílio emergencial para 5,2 milhões de beneficiários