Menu
SADER_FULL
segunda, 27 de setembro de 2021
Busca
Brasil

PF disponibiliza 0800 para tirar dúvidas sobre armas

21 Dez 2009 - 06h50Por Diário MS

A Polícia Federal (PF) disponibiliza desde quinta-feira (17) o número 0800 727 3040 para tirar dúvidas sobre recadastramento de armas, 24 horas por dia. Esta é mais uma ação da Campanha Nacional de Recadastramento de Armas - uma parceria entre a PF e a Associação Nacional da Indústria de Armas e Munições (Aniam) - que teve início em julho de 2009 e termina no próximo dia 31, último dia para regularização das armas.

Depois desse prazo, os proprietários de armas que não recadastrarem ficam sujeitos a penas de 1 a 3 anos de detenção mais pagamento de multa, porque a posse de armas será considerada ilegal. “Para a PF, é importante que todo cidadão de bem procure registrar sua arma de fogo para estar na legalidade. Por isso, procuramos facilitar ao máximo o acesso da população a este serviço”, disse Roberto Troncon, diretor de Combate ao Crime Organizado da PF.

O recadastramento de armas é obrigatório, gratuito, e é a única forma de garantir o direito de manter a arma em casa. Pode ser feito pelo site www.recadastramento.org.br, em uma das 2 mil lojas especializadas e credenciadas, nas unidades da PF ou nas mais de 6 mil agências dos Correios espalhadas por todo país. Os documentos que devem ser apresentados para regularizar a arma são: cópias autenticadas do RG, CPF, comprovante de residência e, se possível, registro antigo da arma. Não é preciso levar a arma. Todo o cidadão brasileiro ou naturalizado, maior de 25 anos, tem o direito de adquirir até seis armas de uso permitido.

“A Campanha de Recadastramento é uma oportunidade única de regularizar as armas que nunca tiveram registro, até aquelas recebidas por herança ou doação de um amigo”, lembra o especialista em segurança pública Bene Barbosa, da ONG Movimento Viva Brasil e um dos representantes da iniciativa. A Campanha Nacional de Recadastramento de Armas até o momento já regularizou mais de três milhões de armas, que passam a fazer parte do Sistema Nacional de Armas da PF (Sinarm).

Deixe seu Comentário

Leia Também

DESASTRE AÉREO
Diretor da UPA que sofreu acidente aéreo no Pantanal morre em hospital
COVID-19
Covid-19: Brasil tem 15,7 mil novos casos e 537 mortes em 24 horas
+ AUMENTO
Gasolina sobe pela 8ª semana seguida nos postos, aponta ANP
PAN AMERICANO JUNIOR
Atleta de MS carregará as cores do Brasil no vôlei de praia nos Jogos Pan-Americanos Júnior
LIÇÕES DA BÍBLIA
Prefácio de Deuteronômio
ROTA BIOCEÂNICA
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
CASTELO DE AREIA
Idoso casa com prostituta 35 anos mais nova e flagra com outro
DOENÇA DO SÉCULO
Servidor público é encontrado pendurado em árvore
COVID-19
Ministra de Bolsonaro testa positivo para Covid e cancela agenda em Nova Andradina
ASSUSTADOR
Homem encontra boneca na parede com bilhete misterioso: "obrigada por me libertar"