Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 11 de abril de 2021
Busca
Brasil

PF deve receber 5 mil submetralhadoras até novembro

28 Set 2004 - 17h43
O Sistema Nacional de Armas (Sinarm) da Polícia Federal espera receber até o fim de novembro cinco mil submetralhadoras da fábrica paulista URU, pela campanha do desarmamento. Na semana passada, por conta de uma decisão da Justiça de São Paulo, 6.462 armas do mesmo tipo (calibre Lugger 9 milímetros) foram recolhidas e agora serão destruídas pelo Exército.

As submetralhadoras pertenciam à empresa Lay-Out Comércio e Participações Ltda, que era acionista da URU. A Lay-Out pediu um empréstimo bancário e usou o armamento como garantia.

Segundo o chefe do Sinarm, Mário Marques, houve um acordo judicial e a 25ª Vara Cível de São Paulo determinou que a carga, que está no Depósito Central de Armas (DCA) do Exército, na Vila Militar, no Rio, fosse entregue à PF.

De acordo com Marques, a Lay-Out vai receber mais de R$ 1,9 milhão de indenização - R$ 300 por cada submetralhadora.

Ele contou que a URU faliu em 1980 e desde então as armas estão no DCA. Marques espera que uma decisão judicial favorável a entrega das 5 mil unidades restantes, que também foram dadas em garantia em outro empréstimo, saia até novembro. Desde o início da campanha do desarmamento do governo federal, em 15 de julho, 16.373 armas foram entregues ao Sinarm.

Agência Estado

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore
CONTAMINAÇÃO
Igrejas superam mercado e consultório médico em risco de transmissão de Covid-19, aponta estudo
CRISE NA PANDEMIA
Número de brasileiros que vivem na pobreza quase triplicou em seis meses, diz FGV