Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 14 de julho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Petróleo fecha pela 1ª vez acima de US$ 47

18 Ago 2004 - 17h04

Os preços futuros do petróleo negociados em Nova York fecharam acima dos US$ 47 por barril pela primeira vez na história dos contratos nesta quarta-feira, depois que o governo dos Estados Unidos informou que os estoques da commodity diminuíram muito na semana passada, em linha com a expectativa do mercado, disseram analistas.

O mercado continuou preocupado com a questão do abastecimento e possíveis interrupções da exportação no Iraque, mesmo após o líder xiita, Moqtada al-Sadr, ter concordado na quarta-feira em desarmar seus militantes e deixar Najaf após chegar a uma trégua com os fuzileiros navais dos EUA.

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) tentou acalmar os mercados prometendo operar bem acima da demanda, mas operadores não acreditam em uma melhora imediata na escalada de preços.

"A principal questão ainda são os recordes de preços do petróleo, e vai ser necessário mais do que um relatório semanal para esfriar o mercado", disse Jim Ritterbusch, presidente do Ritterbusch and Associates.

Em Nova York, o contrato com entrega em setembro fechou com ganho de US$ 0,52, alta de 1,11%, a US$ 47,27 o barril, após ter atingido novo recorde de US$ 47,45 durante a sessão. Desde o fim de junho, o petróleo negociado em Nova York teve aumento de US$ 10,35, equivalente a uma alta de 28%.

"Continuamos acreditando que compras especulativas elevarão os preços até US$ 50", disseram analistas da Refco.

Em Londres, o petróleo tipo Brent com entrega em outubro teve aumento de US$ 0,04, alta de 0,09%, encerrando a US$ 43,03 o barril.

A Administração de Informação de Energia informou que os estoques de petróleo diminuíram em 1,3 milhão de barris, para 293 milhões na semana passada. Já o estoque de gasolina caiu em 2,6 milhões de barris.

O contrato de gasolina para setembro também encerrou em baixa, sendo cotado a US$ 1,2980 o galão.

 

Invertia

Deixe seu Comentário

Leia Também

VITIMA DA COVID 19
Cantor morre de covid-19 após sogro e sogra; esposa está em isolamento
CAOS NA SAUDE
MT está perdendo a guerra para o coronavírus; nós subestimamos a doença
TRAGEDIA NO CONDOMÍNIO
Adolescente que matou amiga treina tiro esportiva há 3 anos com o pai
VIOLENCIA DOMESTICA
Mulher tem rosto desfigurado após ser agredida e pisoteada pelo marido bêbado
CORONAVIRUS AVANÇA
Brasil tem 72.234 mortes por Covid-19, segundo consórcio de veículos da imprensa em boletim das 13h
BONITO - DICAS AGÊNCIA
Como fazer Snorkel em Bonito MS, o que ver, o que fazer e o que não!
PANDEMIA CORONAVIRUS
Filho de ex-jogador famoso vende geleias e não vê o pai há nove anos
SOB INVESTIGAÇÃO
Maria Aldenir lutou com assassino, mas viu a filha ser morta com 24 facadas
AVANÇO DA PANDEMIA
Mais 903 casos e 33 mortes por coronavírus foram registrados em 24h em MT
BRASIL - 71.515 MORTES
Brasil tem 1.842.127 casos de Covid-19, aponta consórcio de veículos da imprensa em boletim das 8h