Menu
BANNER EMAGRECEDOR VICENTINA
terça, 13 de abril de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Petróleo fecha acima de US$ 53 devido à cautela com inverno

13 Out 2004 - 16h41

O preço futuro do petróleo negociado em Nova York fechou com alta de mais de US$ 1,00 por barril nesta quarta-feira, recuperando a perda da véspera. O mercado ainda reflete as preocupações com os estoques que levaram os preços do óleo para aquecimento a novo pico histórico.

O contrato de petróleo com vencimento em novembro fechou com ganho de US$ 1,14, a US$ 53,64 o barril, depois de alcançar US$ 53,95 dólares. Na mínima da sessão, o petróleo chegou a ser cotado a US$ 52,50 o barril em um movimento de realização de lucro.

Na terça-feira, o petróleo caiu US$ 1,13 o barril, depois de ter alcançado durante a noite o maior patamar da história a US$ 54,45 o barril.

Em Londres, o petróleo tipo Brent para novembro recuperou as perdas do início do dia e fechou esta quarta-feira em alta de US$ 0,45, a US$ 50,05 o barril.

"Há certa incerteza sobre como será o inverno (no Heminsfério Norte) e a queda dos estoques de óleo para aquecimento vai certamente assustar o mercado", disse Jim Ritterbusch da Ritterbusch e Associados.

O governo dos Estados Unidos divulga na quinta-feira um relatório sobre os estoques de petróleo e derivados, inclusive óleo de calefação.

O contrato futuro de combustível para aquecimento negociado em Nova York atingiu novo recorde de alta a US$ 1,5 o galão, mas fechou com alta de 4,45 centavos de dólar, a US$ 1,4990 o galão.

Uma pesquisa da Reuters realizada com analistas na terça-feira prevê redução de 1,1 milhão de barris nos estoques de combustíveis derivados na semana que terminou em 8 de outubro. Espera-se que a demanda do óleo para calefação aumente ainda mais com o inverno.

A Administração de Informação de Energia (AIE) também deverá apontar aumento de 1,7 milhão de barris de petróleo em seu relatório, que será anunciado na quinta-feira às 11h30,de acordo com expectativa de analistas.

O contrato norte-americano de gasolina fechou com alta de 2,57 centavos de dólar, a US$ 1,4060 o galão. A expectativa apontada pela pesquisa é de que o estoque do combustível tenha sofrido redução de 700 mil barris na semana passada.

 

Invertia

Deixe seu Comentário

Leia Também

EXEMPLAR
Cidade modelo que vacinou 64% da população vê casos de covid-19 caírem 78%.
NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore
CONTAMINAÇÃO
Igrejas superam mercado e consultório médico em risco de transmissão de Covid-19, aponta estudo