Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 23 de abril de 2021
Busca
Brasil

Petróleo dispara e fecha cotado acima de US$ 39

6 Jul 2004 - 16h44
Os preços do petróleo registraram novas altas nesta terça-feira. Em Nova York, o barril para entrega em agosto subiu 3,28% e fechou cotado a US$ 39,65. Na máxima, chegou a bater US$ 39,70, o maior valor desde o último dia 3 de junho.

Para justificar a subida dos preços, os investidores citaram preocupações com a capacidade de fornecimento na Rússia, na Nigéria e no Iraque.

Na Nigéria, a ameaça de greve no setor petrolífero também afeta a confiança dos investidores, alimentando o temor de uma diminuição na oferta mundial de petróleo.

Hoje, a Mobil Producing Nigeria, filial nigeriana do grupo americano ExxonMobil, informou que seus funcionários apresentaram um aviso de greve, enquanto que a Elf Petroleum Nigeria, subsidiária da francesa Total no país, anunciou a suspensão de sua produção, também por problemas com trabalhadores.

No fim de semana, ataques atingiram dois oleodutos no Iraque, um deles em um setor estratégico na exploração no país, próximo a Hawijat al Fallujah, 80 quilômetros ao sudoeste de Bagdá, e o outro no sul do país, que abastece o terminal exportador de Basra.

O preço do barril sofreu ainda o impacto da declaração da petroleira russa Yukos, maior do país (que é o segundo maior exportador mundial de petróleo, atrás apenas da Arábia Saudita).

A empresa petrolífera Yukos, maior da Rússia, declarou que irá suspender os pagamentos de sua dívida e que pode declarar falência, após receber do grupo de bancos liderados pelo Société Générale notificação sobre o "default" (calote) de um empréstimo sindicalizado de US$ 1 bilhão.

Os investidores temem que a produção da empresa possa afetar suas exportações. Preços mais altos, segundo analistas, podem prejudicar a recuperação econômica mundial, causando surtos inflacionários e altas de juros.

 

Brasil Online

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA EM CACHOEIRA
Mãe e filha morrem vítima de tromba d'gua em cachoeira; cunhado também morreu
ASSÉDIO À MENOR
Pastor é investigado após ser filmado beijando e oferecendo dinheiro a adolescente de 14 anos
UTRAPASSAGEM FATAL
Tio e sobrinho morrem "esmagados" por caminhão em rodovia
FATALIDADE
Bebê morre eletrocutado após morder fio de carregador de celular
AJUDA DO GPS
Após ficar 30h desaparecida, médica é encontrada em ribanceira com ajuda de GPS de celular
REVOLTANTE
A intérprete que descobriu na aula de Libras que pastor abusava de adolescente
BRASIL - 381.687 MORTES
Brasil passa de 380 mil mortes por Covid; mais de 3 mil delas foram registradas nas últimas 24 horas
BRUTALIDADE
Adolescente queimado por negar sexo com homens morre em hospital
VACINA RUSSA
Governador diz que consórcio vai adquirir 28 milhões da vacina Sputnik V
LUTO NA SAÚDE
Dias após perder os pais, médica de 36 anos morre de Covid-19