Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 27 de janeiro de 2022
Busca
Brasil

Petrobras planeja vender participação de gás natural na Índia

4 Jan 2010 - 06h33Por Folha Online

A Petrobras planeja vender sua participação na reserva de gás natural de Krishna Godavari, no leste da Índia, de volta à estatal indiana ONGC (Oil & Natural Gas Corp), disse um executivo da empresa indiana ao diário americano "The Wall Street Journal" ("WSJ"), segundo reportagem publicada no site do diário nesta segunda-feira.

A ONGC está nos estágios iniciais de negociação com a Royal Dutch Shell e a BP para revender a participação na reserva, assim que adquiri-la de volta, segundo o executivo, que deu as declarações sob condição de anonimato. O presidente da estatal indiana, R.S. Sharma, não comentou.

O executivo da ONGC não especificou o tamanho da reserva de posse da Petrobras, segundo o "WSJ". O diário "The Times of India" informou hoje, por sua vez, que a estatal brasileira tem uma participação de 15% na reserva.

 

Segundo o diário indiano, a decisão da Petrobras se deve aos planos da empresa de focalizar seus recursos na exploração na camada pré-sal.

Leia Também

SUBINDO
Brasil em 24 horas, foram registradas 487 mortes por Covid 19 e 183.722 novos casos registrados
joao 5 39 examinais as escrituras 2_3 LIÇÕES DA BIBLIA
Quanto Falta para o Fim do Mundo?
TRAGÉDIA NA IGREJA
Confusão em culto termina com pastor e jovem mortos, 4 baleados e casa incendiada
SOB INVESTIGAÇÃO
Lutador é executado com 12 tiros, sua esposa esta grávida
SEU DINHEIRO
Qualquer cidadão pode consultar se tem valores a receber de instituições financeiras; saiba como
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 259 mortes e 83,3 mil novos casos
ESTUPRO DE VUNERALVEL
Mãe vê partes íntimas vermelha, pergunta e filha de 2 anos aponta paro o tio
ACASALAMENTO DE COBRAS
Casal sucuri acasalando em rio assusta e impressiona turistas; veja vídeo
MEIO AMBIENTE
O número médio anual de relâmpagos do país aumentará para 100 milhões
COVID NO BRASIL
Em 24 horas, Brasil registrou mais 135.080 casos e 296 mortes por covid-19