Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 28 de maio de 2024
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Busca
Brasil

Petrobras obtém licença para produzir fertilizante em MS

22 Fev 2011 - 16h27Por Estadão

 

A Petrobras informou hoje (22) que recebeu a Licença de Instalação (LI) da Unidade de Fertilizantes Nitrogenados III (UFN-III), que será construída na cidade de Três Lagoas. A licença, dada pelo Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul), ratifica a viabilidade ambiental do empreendimento, autorizando sua instalação.

A UFN III entrará em operação comercial no segundo semestre de 2014 e terá capacidade de produção de 1,2 milhão de toneladas de ureia e 761 mil toneladas de amônia por ano. No caso da amônia, 680 mil toneladas serão utilizadas no processo produtivo da ureia e 81 mil toneladas serão comercializadas.

A fábrica da Petrobras em Três Lagoas será a maior unidade de fertilizantes nitrogenados da América Latina e dobrará a produção nacional de ureia. Com a obra, haverá uma redução das importações do insumo, que é destinado à produção agrícola. Atualmente, o Brasil importa 67% da ureia que consome.

A Petrobras já possui duas fábricas de fertilizantes nitrogenados localizadas nos municípios de Laranjeiras (SE) e Camaçari (BA), que produziram juntas 223 mil toneladas de amônia e 758 mil toneladas de ureia em 2010, ano em que o País produziu 1,27 milhão de toneladas de ureia e importou 2,545 milhões de toneladas do produto. No ano passado, a demanda interna total por ureia foi de 3,815 milhões de toneladas.

Além da UFN III, que terá obras de terraplenagem iniciadas em abril, a Petrobras está desenvolvendo três outros projetos nesse segmento: o Complexo Gás-Químico (UFN IV), em Linhares (ES), com capacidade de produção comercializável de 665 mil toneladas por ano de ureia e 684 mil toneladas por ano de metanol, além de outros derivados; a UFN V, em Uberaba (MG), com capacidade de produção de 519 mil toneladas por ano de amônia; e uma unidade para produção de sulfato de amônio que será instalada na fábrica de fertilizantes de Sergipe.

Com a entrada em operação das UFNs III, IV e V, a Petrobras adicionará ao parque produtivo nacional uma capacidade de 600 mil toneladas por ano de amônia e 1,875 milhão de toneladas por ano de ureia.

Somando-se à capacidade de produção das fábricas de fertilizantes da Bahia e de Sergipe, a capacidade total da Petrobras será de 2,931 milhões de toneladas por ano de ureia (71% do consumo nacional de ureia) e 782 mil toneladas por ano de amônia (100% do consumo nacional de amônia).

Participe do nosso canal no WhatsApp

Clique no botão abaixo para se juntar ao nosso novo canal do WhatsApp e ficar por dentro das últimas notícias.

Participar

Leia Também

Fotos: PMMS/ BMMS BOMBEIROS DE MS NO RS
Com atuação de equipes dos Bombeiros, PM e Defesa Civil, MS continua a apoiar o Rio Grande do Sul
Xadrez MS
Enxadristas representam Mato Grosso do Sul em competição nacional de base em Natal
Saúde Delicada
O Ator Tony Ramos passa por cirurgia de emergência na cabeça para tratar sangramento cerebral no RJ
Ajude o RS
Culturamense registra a devastação de Lageado durante entrega de 21 toneladas de donativos
Fotos: Saul Schramm BOMBEIROS DE MS EM AÇÃO NO PANTANAL
Para combater incêndios florestais no Pantanal, Governo de MS instala bases dos bombeiros em 13 área

Mais Lidas

FÁTIMA DO SUL EM DESTAQUE
Conhecendo Fátima do Sul com Leandro Santos: Uma viagem cultural pelo Favo de Mel do MS
Evento
Confira as duas galerias de fotos da premiação do Mês das Mães no Mercado Julifran
FATIMASSULENSE EM DESTAQUE
Fatimassulense é pódio em mais um rodeio em touros, agora na Expotac 2024
O caso será investigado pelo SIG / Divulgação/JP NewsCRIME EM MS
Homem é executado a tiros dentro de casa em MS
Fotos: Washington Lima / Fátima Em DiaFÁTIMA DO SUL - REFORMA ILHA DO SOL
Prefeita Ilda Salgado Machado inicia reforma transformadora da Ilha do Sol em Fátima do Sul, ASSISTA