Menu
SADER_FULL
domingo, 20 de setembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Pesquisa mostra que cigarro reduz o efeito de medicamentos

3 Set 2010 - 09h06Por DCI São Paulo

Uma pesquisa do curso de Odontologia da Faculdade São Leopoldo Mandic, em Campinas, reforça a lista de males causados pelo tabagismo.

Considerado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) fator de risco para mais de 50 doenças e responsável por 200 mil mortes por ano no Brasil, o estudo comprova que o cigarro pode afetar de forma negativa a atuação de antibióticos e interferir na eficácia do tratamento proposto.

A pesquisa será apresentada pela cirurgiã dentista, graduada pela Faculdade São Leopoldo Mandic, Fabiana Pinchetti Nolasco, no Congresso Mundial de Odontologia que será realizado em outubro, nos Estados Unidos.

Ela representará o Brasil no Student Clinician Award, dentro do evento, patrocinado pela American Dental Association (ADA)

A pesquisa avaliou a biodisponibilidade (quantidade efetiva do medicamento) do antibiótico Metronidazol em pacientes fumantes, normalmente receitado em casos de tratamentos de doenças periodontais, como gengivite e periodontite, além de tratamentos ginecológicos, entre outros.

´´Planejamos fazer novas pesquisas que envolvam outros grupos de remédios, que também causam esse problema´´, informa Juliana Cama Ramacciato, professora da São Leopoldo Mandic e uma das orientadoras da pesquisa.

O estudo, realizado em parceria com a área de Farmacologia da Faculdade de Odontologia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), destaca que o cigarro pode interferir na ação do Metronidazol no organismo de fumantes, o que significa a alteração de sua metabolização e uma possível interferência na eficácia do tratamento de doenças com o uso deste medicamento.

´´É normal uma parte do medicamento ser perdida antes de ser utilizada. Mas, o efeito do cigarro reduz ainda mais a quantidade do medicamento absorvida pela organismo, quando ministrado via oral´´, diz Juliana.

Os pesquisadores selecionaram um grupo de pessoas que fumavam 20 cigarros por dia e um grupo de não-fumantes.

O objetivo foi analisar a concentração do Metronidazol na corrente sanguínea e na saliva antes, durante e após a ingestão do medicamento nestes pacientes, para verificar se o hábito de fumar diminui as concentrações normalmente atingidas pelo antibiótico testado

Deixe seu Comentário

Leia Também

Caixa com cenouras de boa qualidade 100 DESPERDÍCIOS
Governo cria Rede de Bancos de Alimentos para combater desperdício
Ainda de acordo com a atualização, 567.369 pessoas estão em acompanhamento e outras 3.753.082 se recuperaram. PANDEMIA
Covid-19: Brasil acumula 4,4 milhões de casos e 134,9 mil mortes
Os beneficiários nascidos em janeiro  3,9 milhões de pessoas  poderão sacar AUXILIO EMERGENCIAL
Caixa abre 770 agências amanhã das 8h às 12h
Apesar do esforço médico a adolescente não resistiu. DESCARGA FATAL
Adolescente segura extensão de energia e morre após sofrer descarga elétrica
Assaltante magro está com um revólver na mão direito e boné na esquerda TERROR NA RODOVIA
Vídeo mostra ação extremamente violenta de ladrões em Rodovia
As imagens mostram que a vítima estava prestes a sair de moto VIOLENCIA NA CIDADE
Homem é flagrado agredindo e tentando atropelar a ex; veja vídeo
Bolsonaro autorizou estudos para a área. PROGRAMA ASSISTENCIAL
Após desistir do Renda Brasil, Bolsonaro autoriza criação de novo programa social
Bolsonaro com Ricardo Barros APREENSÃO
Gaeco cumpre mandado em escritório de Ricardo Barros, lider do governo Bolsonaro na Câmara
presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) AGORA
Maia testa positivo para Covid-19, informa assessoria do deputado
 Joice Pastre, 27 anos, morreu na última sexta-feira (11) GESTO NOBRE
Família doa órgãos de jovem que sofreu aneurisma cerebral