Menu
SADER_FULL
quarta, 27 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Peritos dizem que uma mulher matou Ubiratan

22 Set 2006 - 13h09
Peritos que analisaram a cena do crime que vitimou o coronel Ubiratan Guimarães, morto no último dia 9, acreditam que ele foi assassinado por uma mulher. A ausência de luta corporal e de sinais de arrombamento no apartamento reforçam a suspeita. A forma como o tiro foi disparado e o local onde o coronel foi atingido mostram que quem atirou tinha intimidade com a vítima.

Outra hipótese levantada pelos peritos é o fato de a arma utilizada no crime ter sido a que pertencia ao próprio Ubiratan, um revólver calibre 38 que ainda não foi encontrado. Segundo a perícia, dificilmente um homem entraria no apartamento para matar o coronel tendo que procurar uma arma da própria vítima no apartamento.

De acordo com o Diário de S. Paulo, os peritos reforçam a idéia de que o coronel estava muito à vontade na hora do crime: ele estava nu, enrolado em uma toalha. Também havia copos de batida de caju no apartamento.

As temperaturas do reto e do fígado do oficial da PM apontam que a morte ocorreu no sábado, dia 9, em período compreendido entre 18h30 e 22h30. O dado, comparado a depoimentos de Carla Cepollina, namorada e última pessoa a ser vista com Ubiratan, a colocam na cena do crime. Segundo a polícia, ela disse ter saído do apartamento às 20h15.

 

Terra Redação

Leia Também

LIÇÕES DA BÍBLIA
Julgue com justiça
LIÇÕES DA BÍBLIA
Amem o estrangeiro
LIÇÕES DA BÍBLIA
Circuncidem seu coração
OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos