Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 16 de maio de 2021
Busca
Brasil

Perder vira vantagem no Mundial de vôlei

2 Out 2010 - 08h54Por Folha

A polêmica está instaurada no Mundial masculino de vôlei, na Itália. Às vésperas do encerramento da segunda fase do torneio, o formato da competição vem sendo criticado por técnicos e atletas. Já classificado, o Brasil disputa hoje, às 16h, contra a Bulgária, uma partida que definirá o líder do Grupo N.

Para a seleção brasileira, não há vantagem alguma em se classificar para a terceira fase em primeiro lugar, pois o líder poderia enfrentar Rússia e Cuba. Dessa nova chave, apenas um time se classifica para a semifinal. "A fórmula é ridícula, nunca vi algo assim. O time mais bem classificado pega o caminho mais difícil", disparou Rodrigão, central do Brasil.

A "estratégia" de perder para os búlgaros para fugir de um possível "grupo da morte" afligiu a seleção brasileira. Alguns atletas aventaram até a possibilidade de poupar o levantador Bruno, que vem se queixando de cansaço. Com o reserva Marlon adoentado, o Brasil teria que improvisar outro jogador para a posição.

"Não podemos arriscar perder o Bruno para o jogo de segunda-feira [estreia na terceira fase]. Imagina se o jogo de amanhã for de quatro ou cinco sets, e ele não tiver condições de treinar na véspera da partida mais importante?", questionou Murilo.

O técnico Bernardinho garantiu que iniciará o jogo com o time base, mas deve colocar reservas ao longo da partida. "Vamos aproveitar para dar ritmo de jogo a alguns atletas que ainda não atuaram. Mas vamos trabalhar e fazer o nosso melhor."

Ontem mesmo, a Rússia já aproveitou para adotar estratégia similar. Após vencerem dois sets contra a Espanha, os russos praticamente garantiram a classificação. Com isso, o técnico da equipe, Daniele Bagnoli, colocou em quadra quatro reservas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada