Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 15 de abril de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

Pela liderança, Santos tenta superar desespero do Flamengo

27 Out 2004 - 09h16
O desespero do Flamengo, que apesar de sua tradição luta para não ser rebaixado à segunda divisão do Campeonato Brasileiro, é a maior preocupação do Santos na partida desta noite, às 21h50, no estádio do Maracanã, que pode valer a liderança da competição.

Com 41 pontos ganhos, os cariocas precisam somar pontos --principalmente quando jogam em casa-- até o final da competição para evitar um vexame histórico.

Com 68 pontos, os santistas pode assumir o topo do torneio mais uma vez até mesmo com um empate, já que o atual líder, Atlético-PR, perdeu nesta terça para o Goiás (2 a 0) e segue com 69 pontos.

Nesta quarta, o time tenta também se recuperar de seu último resultado, uma derrota para o São Paulo, por 1 a 0, no último domingo.

Durante a semana, os jogadores santistas tentaram mostrar que assimilaram o golpe e que a derrota no clássico foi um resultado absolutamente normal.

"Queremos este título e vamos brigar até a última rodada. Não esperávamos por esta derrota. Porém precisamos nos recuperar já contra o Flamengo", disse o meia Ricardinho ao site oficial do clube.

O técnico Vanderlei Luxemburgo tentou passar tranqüilidade ao time, mas lembrou a importância do resultado nesta quarta. "Com certeza teremos uma partida complicada. Mas o grupo sabe que precisamos dos três pontos", analisou.

O desfalque santista será o atacante Basílio, normalmente utilizado como arma no segundo tempo, por acúmulo de cartões amarelos.

O desempenho santista neste Nacional quando enfrenta times do Rio fora de casa não é dos melhores. Foram três jogos, com duas derrotas (1 a 0 para Fluminense e 2 a 0 para Botafogo) e uma vitória (3 a 2 no vasco).

Curiosamente, o rival santista desta quarta também vem de uma derrota num clássico, por 1 a 0, para o Vasco. Para complicar, o técnico Ricardo Gomes não contará com os zagueiros Júnior Baiano e André Bahia, suspensos.

FLAMENGO
Júlio César; China, Henrique, Valdomiro e Roger; Da Silva, Júnior, Ibson e Zinho; Felipe e Jean.
Técnico: Ricardo Gomes

SANTOS
Mauro; Paulo César, Leonardo, André Luis e Léo; Fabinho, Preto Casagrande, Ricardinho e Elano; Deivid e Robinho.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Local: estádio do Maracanã, no Rio
Horário: 21h50
Juiz: Leonardo Gaciba da Silva (RS)
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

DESESPERADOR
Covid-19: Brasil registra 3.808 mortes em 24 horas
EXEMPLAR
Cidade modelo que vacinou 64% da população vê casos de covid-19 caírem 78%.
NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore