Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 22 de setembro de 2020
SADER_FULL
Busca
ZANZI
MATO GROSSO DO SUL

Pecuária de MS atende à demanda de sustentabilidade

5 Out 2010 - 05h37Por Agrolink

Ao mesmo tempo em que as perspectivas apontam para o crescimento significativo da demanda mundial de carne, os mercados se caracterizam por um consumo cada vez mais exigente, que preza pela sustentabilidade do produto.

O panorama atual da carne em âmbito internacional, exposto no XVIII Congresso Mundial da Carne, realizado na última semana em Buenos Aires Argentina, destaca a pecuária brasileira, em especial a sul-mato-grossense, diante de um consumidor cada vez mais exigente.

Com o enfoque “Carne para um mundo sustentável”, o evento debateu temas como a eficiência produtiva da cadeia da carne, o mercado global e o balanço da geração de CO².

“O Brasil é um dos atores principais em todas essas análises, tanto na produção sustentável como no consumo”, avalia o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Famasul), Eduardo Riedel.

O dirigente coordenou a comissão que participou do evento e trouxe para Mato Grosso do Sul o Congresso Mundial da Carne, em junho do ano que vem. Em relação ao cenário mundial formado pela demanda, Riedel destacou a capacidade de adaptação da pecuária sul-mato-grossense.

“Com um rebanho de 22 milhões de cabeças, o Estado tem investido sistematicamente na melhoria da qualidade da carne produzida aqui, como a adoção das práticas de sustentabilidade como as que se referem ao bem estar animal. Precisamos apenas de fomento para a recuperação de pastagens”, aponta o dirigente.

A realização do Congresso Intermediário em Campo Grande será uma oportunidade de evidenciar ao mercado externo a eficácia do sistema produtivo da pecuária nacional.

“O Brasil é um grande produtor com condições de dar a resposta que o mercado busca, porque o custo mais baixo de produção dá competitividade à carne produzida no País”, enfatiza o presidente do Fórum Nacional Permanente da Pecuária de Corte da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Antenor Nogueira.

Para Nogueira, o congresso da Argentina demonstrou claramente que o mercado mundial de carne está passando por mudanças, prova disso é a Índia pontuar como o terceiro país no ranking mundial de exportação de carne.

Diante disso, ressalta, o Brasil só precisa resolver a questão sanitária, tornando-se um país livre – e não somente regiões livres – da febre Aftosa, para transitar com mais desenvoltura pelos novos mercados que se abrem.

“O Brasil reúne condições de participar ativamente dos novos mercados como na Ásia e países do Nafta, bem como de voltar a exportar para a União Européia”, acentua.

As informações são da assessoria de imprensa da Famasul/Senar-MS

Deixe seu Comentário

Leia Também

o maior programa de assistência aos mais pobres no Brasil e talvez um dos maiores do mundo PRESIDENTE NA ONU
Bolsonaro diz que brasileiros receberam mil dólares de auxílio
Imagem: Reprodução/Balanço Geral Londrina FUGA EM MASSA
Presos fogem de cadeia após surto de Covid-19
Material estava dentro de uma bexiga e enrolado com fita isolante PROFUNDEZAS DO CRIME
8 celulares e outros materiais são retirados do ânus de preso
Na Pandemia, filas são imensas na CEF de Fátima do Sul-MS AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa libera hoje saques do auxílio emergencial para mais 3,6 milhões
uma greve foi deflagrada em protesto contra uma proposta de privatização da estatal e pela manutenção de benefícios trabalhistas. CORREIOS
Após 5 dias de greve, os Correios devem retornar por determinação do TST
No Brasil, diversos concursos públicos estão disponíveis. CONCURSOS
CRM-MS abre concurso com salários de até R$ 5 mil
 O empresário Eliel Moreira, seu Claudemir e sua família SOLIDARIEDADE
Amigos se unem e compram carro para catator de reciclagem
Cissa Amaral morreu no local e Sebastião Faria foi socorrido ACIDENTE FATAL
Enfermeira morre e policial civil fica ferido em acidente de moto
Lucas chegou a ser socorrido, mas morreu neste domingo FORAGIDOS
Jovem sai para buscar cachorro que escapou e é morto com 2 tiros
Os dois estão separados há dois meses e tem dois filhos juntos, os quais estavam morando com a mãe. TRAGÉDIA NA FAMILIA
Motorista da Energisa mata ex-mulher ontem e hoje comete suicídio