Menu
SADER_FULL
terça, 26 de outubro de 2021
Busca
Brasil

PDT nacional decide ficar neutro no 2º turno

16 Out 2006 - 16h36
O PDT decidiu, em convenção realizada nesta segunda-feira no Diretório Nacional do partido, no Rio de Janeiro, que ficará neutro na corrida à Presidência no 2º turno, sem apoiar Geraldo Alckmin (PSDB) ou Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Segundo a rádio CBN, o presidente nacional da legenda, Carlos Lupi, deve anunciar ainda hoje a posição oficial do partido.

A decisão foi tomada com 128 votos favoráveis à neutralidade e 49 contrários a essa posição. "O PDT é um partido independente, nenhum desses candidatos representa a nossa idéia, a nossa causa", disse Lupi, após a reunião.

Com isto, o partido não irá referendar o apoio a nenhum candidato, mas libera filiados a fazer apoios pessoais nos Estados. O PDT disputou o 1º turno da eleição presidencial com o senador Cristovam Buarque, que teve 2,64% dos votos válidos.

 

Com agências

Leia Também

LIÇÕES DA BÍBLIA
Amem o estrangeiro
LIÇÕES DA BÍBLIA
Circuncidem seu coração
OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS