Menu
SADER_FULL
sábado, 23 de outubro de 2021
Busca
Brasil

PC está em 18,8% das casas do País, diz IBGE

15 Set 2006 - 10h45
O crescimento da presença do PC nas residências brasileiras acelerou-se em 2005, apresentando praticamente o dobro da expansão percentual registrada entre os bens duráveis pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados constam da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), divulgada hoje, e mostram que o índice de presença do PC ficou em 18,8% das moradias do País em 2005, um crescimento de 2,5 pontos percentuais em relação ao levantamento anterior de 2004, quando a expansão havia sido de 1 ponto percentual frente ao ano anterior.

O desempenho dos PCs em 2005 supera o apresentando pelos outros itens pesquisados pelo IBGE: geladeira, freezer, rádio, máquina de lavar roupa e televisão. Todos esses aparelhos, à exceção de freezer, que apresentou queda de 0,4% no período, e rádio, que teve expansão de apenas 0,6%, apresentaram altas entre 1,2 e 1,7 pontos percentuais.

Os dados do IBGE vão ao encontro da pesquisa apresentada na terça-feira pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), que indica que houve crescimento de 43% nas vendas de computadores no primeiro semestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado.

Entre os motivos apresentados estão medidas de incentivo à comercialização de PCs e de combate à ilegalidade na cadeia produtiva, que têm provocado barateamento dos preços.

O estudo do IBGE, que reuniu informações apuradas entre 408.148 pessoas em 142.471 residências de todo o País, também indicou um aumento no índice de lares com acesso à Internet, passando de 8,6% em 2001 para 13,7% em 2005. No ano anterior, a proporção foi de 11%.

A Pnad também pesquisou o uso da Internet além da residência. Vinte e um por cento dos brasileiros com 10 anos ou mais, o equivalente a 32 milhões de pessoas, utilizaram a Internet em algum local ¿ domicílio, trabalho, escola, centro de acesso gratuito ou pago, casa de outras pessoas ¿ por pelo menos uma vez no período apurado pela sondagem em 2005. Entre os 153 milhões de brasileiros com 10 anos ou mais, 121 milhões não acessaram a rede.

A pesquisa divulgada pela Abinee esta semana, em parceria com a consultoria IT Data, afirma que a base instalada de computadores no País é de 21 milhões e que as vendas em 2006 devem alcançar 7,8 milhões de unidades, crescimento de 38% sobre o ano passado.

O IBGE não informou dados sobre uso da Internet relativos a outros anos, já que eles fazem parte de uma pesquisa complementar à Pnad. Os resultados completos serão informados mais para a frente, segundo o instituto.

CELULAR
A sondagem do IBGE mostrou ainda que entre as pessoas com 10 anos ou mais, 36,7% tinham telefone celular para uso pessoal em 2005. Em números absolutos, isso significa que 56 milhões de pessoas possuíam um telefone móvel e cerca de 97 milhões, não.

O uso da Internet e do celular foi mais elevado entre as pessoas com maiores renda e escolaridade e concentrou-se na região Sudeste. A utilização entre os homens foi ligeiramente maior que entre as mulheres.

A Pnad é realizada anualmente e aborda de forma permanente os temas habitação, rendimento e trabalho, e com periodicidade variável, por meio de pesquisas suplementares outros assuntos de caráter demográfico, social e econômico.

 

Invertia

Leia Também

OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ele nos amou primeiro