Menu
SADER_FULL
sexta, 14 de maio de 2021
Busca
A MÁFIA DE PALETÓ

Passaia responsabiliza gráfica pela "censura" do seu livro

11 Set 2010 - 09h26Por Campo Grande News

O jornalista Eleandro Passaia, autor do livro “A Máfia de Paletó”, lançou a obra nesta noite no saguão do Teatro Municipal de Dourados. Ele responsabilizou a gráfica que fez a impressão dos exemplares pela censura branca do capítulo referente a deputados e senadores.

Segundo Passaia, os donos da gráfica não suportaram a pressão dos políticos citados no capítulo. Mas o jornalista prefere não questionar os motivos que os levaram a tomar a decisão, até porque a gráfica não cobrou pelos serviços de impressão.

No entanto, para os leitores que estão com a curiosidade aguçada no sentido de saber o que está escrito no capítulo, Passaia garante que irá disponibilizar na internet cópia do capítulo censurado, em PDF (que impede alteração).

O saguão do Teatro Municipal ficou lotado, com duas filas formadas por leitores querendo suas obras autografadas pelo autor.

Passaia permaneceu o tempo todo vigiado por seguranças. Ele usou colete à prova de balas sob o blazer.

A Guarda Municipal e a PM (Polícia Militar) montaram forte esquema de segurança no lado de fora do teatro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada