Menu
SADER_FULL
quinta, 29 de julho de 2021
Busca
Brasil

Passaia diz porque denunciou esquema de corrupção

1 Set 2010 - 11h51Por Diário MS
O radialista Antonio Coca, da rádio Grande FM, disse a pouco em seu programa que recebeu ligação do jornalista Eleandro Passaia, assessor do prefeito de Dourados, Ari Artuzi, relatando ser o denunciante de todo o esquema desmantelado pela Operação Uragano, da Polícia Federal.

Até as 4h de hoje, 1 de setembro, soprava apenas uma brisa suave em Dourados. Foi quando com o ímpeto coerente, 200 agentes da Polícia Federal deflagaram a operação que significa furacão em italiano.

Eleandro Passaia disse que ao retornar para trabalhar na prefeitura de Dourados, chamado pelo prefeito para ser Secretário de Governo, teria notado que havia corrupção fora do comum e que era cada vez mais difícil combater.

O jornalista, teria ‘perdido a paciência’ quando ficou sabendo de uma cirurgia plástica feita na mulher do prefeito, Maria Artuzi, com dinheiro possivelmente desviado. No mesmo dia, segundo Passaia, uma criança teria perdido a visão por falta de atendimento na saúde em Dourados. A cirurgia plástica era de aumento de seios.

A época, ao procurar a Polícia Federal na pessoa do delegado Braulio Galloni, Passaia disse que iria pedir demissão, e contou todos os esquemas de corrupção da prefeitura ao delegado. Porém, Galloni pediu que ele se mantivesse no cargo, com o intuito de ajudar nas investigações. O jornalista participou de filmagens, fotografias e outras gravações, que provam a entrega de propina, esquemas de licitações e demais fraudes feitos dentro do CAM (Centro de Administração Municipal) em Dourados. Segundo Passaia, na Secretaria de Saúde eram retirados até 2 milhões de reais por mês.

O resultado da denúncia de Passaia foi visto hoje, quando policiais federais prenderam o prefeito Ari Artuzi, 9 vereadores, empresários e a primeira dama. Eleandro Passaia disse que de maneira nenhuma quer ser considerado como herói. Ele ressaltou em entrevista que o trabalho é todo da Polícia Federal com toda a seriedade possível. Hoje ele pediu demissão de seu cargo na prefeitura e esta em casa de um amigo.

Prisões

Foram emitidos mandados de prisão temporária para as seguintes pessoas: Ari Artuzi e sua esposa, Maria Artuzi. Aurélio Bonatto, Edvaldo Moreira, Humberto Teixeira Junior, Carlos Cimatti, Zezinho da Farmácia, Julio Artuzi, Marcelo Barros, Paulo Henrique Bambu, Sidlei Alves, Alziro Moreno, Tatiane Moreno, Inês Bosquetti, Claudio Marcelo Hall, Dílson Candido de Sá, Antonio Fernando, Geraldo de Assis, Carlinhos Cantor, Marco Aurélio de Camargo, João Eder Kruger, Tiago Vinicius Ribeiro, Helton Farias, Jose Antonio Soares e Jose Roberto Marcelo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Em dia de aumento de casos Brasil tem 1.333 óbitos por Covid - 19 nas últimas 24 horas
CONCURSO PÚBLICO
Caixa Econômica convocará 9 mil de concursos e abre mais mil vagas
BRASIL - 550.502 MORTES
Covid-19: país ultrapassa 550 mil mortes e tem 19,7 milhões de casos
COVID 19 NO BRASIL
Brasil registra 19,68 milhões de casos de covid-19 e 549,92 mil mortes
Foto: Mycchel Legnaghi - São Joaquim online PREVISÃO DO TEMPO
Maior frio do ano? Temperaturas negativas, geada e até neve!
TRABALHO ESCRAVO
Aliciamento de crianças: família de líderes religiosos é presa em operação da polícia
ATO OBSCENO
Homem é detido após entrar nu em culto evangélico
TRAIÇÃO
Vídeo: Mulher flagra marido com travesti dentro do carro e 'pancadaria come solta'
COVID 19 NO BRASIL
Brasil tem 1 órfão por covid a cada 5 minutos: 'Pensamos que crianças não são afetadas, mas sim
SELEÇÃO OLIMPICA
Brasil ameaça passeio em estreia contra a Alemanha, mas desperdiça chance de goleada histórica