Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 21 de abril de 2021
Busca
Brasil

Parreira pode perder "estrelas" nas Eliminatórias

16 Ago 2004 - 16h49

A seleção brasileira embarcou no final da noite deste domingo e já está em Santo Domingo, na República Dominicana, de onde seguirá para o Haiti, na quarta-feira, para realizar o 'Amistoso da Paz' contra a equipe centro-americana, no mesmo dia, às 14h30m (horário de Mato Grosso do Sul).

O treinador Carlos Alberto Parreira, porém, pode ter alguns empecilhos quanto à escalação da equipe. Mais uma vez, o Milan não liberou o goleiro Dida, o lateral Cafu e o meia Kaká. Apesar do jogo ser realizado em uma data-Fifa, o clube italiano optou pela queda-de-braço com a CBF e o técnico pensa em não relacionar os atletas para dois importantes jogos em setembro. No dia 5, a seleção joga contra a Bolívia, em São Paulo, pelas Eliminatórias da Copa de 2006, e no dia, realizada um amistoso contra a Alemanha, em Berlim.

”A CBF tinha que tomar uma posição. Não é a primeira, nem a segunda. É a terceira ou a quarta vez que o Milan faz isso, em uma demonstração inequívoca de má vontade em não ceder os jogadores”, afirmou Parreira.

O treinador tinha relacionado os 18 jogadores da seleção, com os cinco não liberados. Depois chamou o zagueiro Cris, do Cruzeiro, e na última sexta-feira relacionou mais seis atletas: o goleiro Fernando Henrique e o meia Roger, do Fluminense; os meias Magrão e Pedrinho, do Palmeiras; o lateral Adriano, do Coritiba, e o atacante Nilmar, do Internacional.

O Brasil lidera uma missão de paz da ONU (Organização das Nações Unidas) no Haiti. O País vive crise política desde o início do ano, quando rebeldes avançaram contra a capital do País e provocaram a renúncia do então presidente Jean-Bertrand Aristide.

Lula irá assistir ao jogo em Porto Príncipe. Ele chegará no País na manhã do dia 18 e embarcará de volta a Brasília após a partida. A seleção também ficará apenas durante o dia do jogo no país. O elenco sairá de Miami pela manhã e retornará aos EUA no final da tarde.

Seleção faz apenas um treino

Os jogadores da seleção têm a segunda-feira livre em Santo Domingo e vão treinar nesta terça, às 15h, no estádio Olímpico da cidade, na única movimentação marcada para a partida.

Na única vez em que enfrentou o Haiti, no dia 21 de abril de 1974, em Brasília, a seleção, comandada na época pelo coordenador-técnico Zagallo, goleou por 4 a 0, gols de Paulo César Caju, Marinho Chagas, Rivelino e Edu. Informações do Globo On line

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRUTALIDADE
Adolescente queimado por negar sexo com homens morre em hospital
VACINA RUSSA
Governador diz que consórcio vai adquirir 28 milhões da vacina Sputnik V
LUTO NA SAÚDE
Dias após perder os pais, médica de 36 anos morre de Covid-19
VITIMA DA COVID 19
Vídeo: enfermeiro que receitava cloroquina se passando por médico morre de Covid-19
OS AMORES DO REI
Roberto Carlos teve três casamentos, paixões secretas e perdas em seus 80 anos
JUVENTUDE EM ALERTA
Covid: Variante acelera intubação de jovens e SP orienta procurar ajuda no 1º dia de sintomas
ATAQUE CANINO
Pit bull mata criança de 2 anos e deixa o irmão dela ferido
VIDEO CAPIVARA NA IGREJA
Capivara invade igreja: 'acho que ela veio rezar conosco', brinca Padre
BEBEDEIRA
Idoso conhece mulher, leva para casa é atacado a facadas
ROUBO DE CARGA
Três mil pessoas roubam carga de carne após carreta tombar e provocam novo acidente