Menu
SADER_FULL
segunda, 3 de agosto de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Parreira pode perder "estrelas" nas Eliminatórias

16 Ago 2004 - 16h49

A seleção brasileira embarcou no final da noite deste domingo e já está em Santo Domingo, na República Dominicana, de onde seguirá para o Haiti, na quarta-feira, para realizar o 'Amistoso da Paz' contra a equipe centro-americana, no mesmo dia, às 14h30m (horário de Mato Grosso do Sul).

O treinador Carlos Alberto Parreira, porém, pode ter alguns empecilhos quanto à escalação da equipe. Mais uma vez, o Milan não liberou o goleiro Dida, o lateral Cafu e o meia Kaká. Apesar do jogo ser realizado em uma data-Fifa, o clube italiano optou pela queda-de-braço com a CBF e o técnico pensa em não relacionar os atletas para dois importantes jogos em setembro. No dia 5, a seleção joga contra a Bolívia, em São Paulo, pelas Eliminatórias da Copa de 2006, e no dia, realizada um amistoso contra a Alemanha, em Berlim.

”A CBF tinha que tomar uma posição. Não é a primeira, nem a segunda. É a terceira ou a quarta vez que o Milan faz isso, em uma demonstração inequívoca de má vontade em não ceder os jogadores”, afirmou Parreira.

O treinador tinha relacionado os 18 jogadores da seleção, com os cinco não liberados. Depois chamou o zagueiro Cris, do Cruzeiro, e na última sexta-feira relacionou mais seis atletas: o goleiro Fernando Henrique e o meia Roger, do Fluminense; os meias Magrão e Pedrinho, do Palmeiras; o lateral Adriano, do Coritiba, e o atacante Nilmar, do Internacional.

O Brasil lidera uma missão de paz da ONU (Organização das Nações Unidas) no Haiti. O País vive crise política desde o início do ano, quando rebeldes avançaram contra a capital do País e provocaram a renúncia do então presidente Jean-Bertrand Aristide.

Lula irá assistir ao jogo em Porto Príncipe. Ele chegará no País na manhã do dia 18 e embarcará de volta a Brasília após a partida. A seleção também ficará apenas durante o dia do jogo no país. O elenco sairá de Miami pela manhã e retornará aos EUA no final da tarde.

Seleção faz apenas um treino

Os jogadores da seleção têm a segunda-feira livre em Santo Domingo e vão treinar nesta terça, às 15h, no estádio Olímpico da cidade, na única movimentação marcada para a partida.

Na única vez em que enfrentou o Haiti, no dia 21 de abril de 1974, em Brasília, a seleção, comandada na época pelo coordenador-técnico Zagallo, goleou por 4 a 0, gols de Paulo César Caju, Marinho Chagas, Rivelino e Edu. Informações do Globo On line

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERDAS NA PANDEMIA
Morre 5º pastor da Assembleia de Deus vítima da covid-19
TRAGÉDIA NAS ESTRADAS
Motorista bêbado atinge carro e mata 4 adultos e uma criança
LIMPA NOME
Serasa lança nova campanha para limpar nome por apenas R$ 100
FÁTIMA DO SUL - LUTO
Morre Pe. Bonfilho, aos 93 anos, ele dedicou 25 anos da sua vida a comunidade de Fátima do Sul
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Ex-vice prefeito, filho e sogra morrem por covid-19 em três dias
CENA DE TERROR
Após ser curado da Covid-19 dentista mata enfermeira e comete suicidio
BORA PRA BONITO - MS
Viajar para Bonito (MS) é o remédio para te fazer mais feliz!
LUTANDO PELA VIDA
Bebê diagnosticado com covid 4 dias após nascimento vence a doença
MORTE DE SERVIDORES
Sindicalista: Um carro de funerária atrás do outro e coroas de flores em todos os cantos
SAUDE
Após Covid-19, Bolsonaro diz estar com “mofo no pulmão” e infecção