Menu
SADER_FULL
terça, 13 de abril de 2021
BANNER EMAGRECEDOR VICENTINA
Busca
Brasil

Parreira corta Luís Fabiano e Diego

28 Ago 2004 - 07h23
Por motivo de contusão, o atacante Luís Fabiano, do São Paulo e o meia Diego, do Porto, foram cortados nesta sexta-feira da seleção brasileira, que enfrentará a Bolívia pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2006, dia 5, em São Paulo. A princípio, somente o atacante Nilmar, que está trocando o Internacional pelo Lyon, da França, foi convocado pelo técnico Carlos Alberto Parreira para substituir os dois jogadores.

Parreira explicou que convocou somente um atleta porque Diego, ao contrário de Luís Fabiano, permanece relacionado para o amistoso do Brasil na Alemanha, dia 8, contra a seleção local. O treinador disse que irá aguardar alguns dias para saber se o ex-jogador do Santos terá condições de atuar contra os alemães.

Na próxima semana, os jogadores se apresentam na Granja Comary, em Teresópolis, na região serrana do Rio, para o período de treinamentos antes do confronto contra a Bolívia.

 

Estadão

Deixe seu Comentário

Leia Também

EXEMPLAR
Cidade modelo que vacinou 64% da população vê casos de covid-19 caírem 78%.
NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore
CONTAMINAÇÃO
Igrejas superam mercado e consultório médico em risco de transmissão de Covid-19, aponta estudo