Menu
SADER_FULL
domingo, 5 de julho de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Parlamentares punidos do PT contestam decisão

30 Jun 2004 - 16h41
Os parlamentares do PT punidos por terem votado contra a proposta do Governo para o salário mínimo se reuniram hoje para redigir o recurso que será encaminhado à Direção Nacional do partido contestando a decisão. No texto, segundo o deputado Chico Alencar (RJ), eles irão alegar que não tiveram direito de defesa.

O grupo é formado por nove deputados: Ivan Valente (SP), Chico Alencar (RJ), Dra Clair (PR), Walter Pinheiro (BA) e João Alfredo (CE), que foram punidos pela segunda fez, e Mauro Passos (SC), Orlando Fantazini (SP), Luiz Alberto (BA) e Maninha (DF), punidos pela primeira vez. Além deles, os senadores Paulo Paim (RS), Serys Slhessarenko (MT) e Flavio Arns (PR) também foram advertidos pelo partido. Na tarde de hoje, eles darão uma entrevista coletiva.

A Comissão Executiva do Partido dos Trabalhadores (PT) decidiu na última segunda-feira punir os parlamentares que votaram contra o salário-mínimo de R$ 260 apresentado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Os rebeldes que votaram pelo substitutivo apresentado pelo PFL, prevendo um mínimo de R$ 275, não poderão mais representar o partido em comissões, seja na Câmara ou no Senado.

A cúpula do partido considerou esta uma punição branda, visto que os parlamentares que haviam votado contra o governo na reforma da Previdência foram expulsos do partido.
 

Agência Nordeste

Deixe seu Comentário

Leia Também

TERMPESTADE
Região sul deve ser atingida por outro fenômeno menos devastador que o Ciclone Bomba
LIVE
Mulher de Fábio Porchat aparece pelada em live com Guilherme Boulos
VITIMA DA COVID 19
Antes de morrer de covid-19, jovem manda áudio: ‘Vão desligar os aparelhos’
BRASIL - 64.265 MORTES
Brasil tem 1.577.004 casos de covid-19 diagnosticados
ELEIÇÃO MUNICIPAL 2020
Campanha eleitoral de 2020 deve ser proibido comícios e aglomerações
MORTES POR COVI-19
Mãe e filha morrem vítimas da Covid-19 em intervalo de três dias
PREVENÇÃO COVID 19
Giovanna Antonelli viraliza ao mostrar truque para evitar contaminação
FEMINICÍDIO
Marido é preso após matar mulher asfixiada e na fuga causa acidente de carro e deixa 08 feridos
BORA PRA BONITO - MS - REABERTO
Hotel Águas de Bonito reabre com segurança e estrutura proporcionada para o aconchego em Bonito (MS)
BRASIL - 62.045 MORTES
Brasil passa de 62 mil mortes pelo novo coronavírus