Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 21 de abril de 2021
Busca
Brasil

Para Bill Gates, Linux não é ameaça ao Windows

29 Jun 2004 - 16h55
Bill Gates, presidente da Microsoft e homem mais rico do mundo, disse nesta terça-feira que o Linux --sistema operacional de código aberto e que pode ser copiado e modificado livremente-- não é uma ameaça a sua companhia na Ásia.

Gates, que está na Malásia para se encontrar com o atual primeiro-ministro do país, Abdullah Ahmad Badawi, disse que a Microsoft está disposta a ajudar o país a desenvolver o segmento de tecnologia e melhorar o uso de computadores entre as pessoas.

"Expliquei a ele [Badawi] nosso compromisso em trabalhar com o governo e ajudá-lo da melhor maneira possível", disse Gates. "Tivemos uma boa conversa e estou certo que conversaremos novamente no futuro."

Questionado sobre a crescente popularidade do Linux na Ásia, o mercado de computação pessoal que cresce mais rapidamente no mundo, o presidente da Microsoft se limitou a dizer que "os aplicativos da Microsoft são os mais usados em todo o mundo e que a companhia está satisfeita com as parcerias formadas na região".

Compacta

A partir de setembro, uma versão compacta do Windows XP vai ser vendida na Malásia e na Tailândia. A versão, batizada de Windows XP Starter Edition, será comercializada dentro de um acordo de cooperação entre o governo tailandês e a Microsoft.

O objetivo é dar aos consumidores opções mais econômicas de programas originais. A Starter Edition vai custar o equivalente a US$ 36 na Tailândia, de acordo com informações de jornais locais. A versão completa do Windows XP continuará sendo vendida por um preço equivalente a centenas de dólares no país.

Segundo Gates, a Microsoft pode expandir a iniciativa para outros países da região. "Nós sempre conversaremos com outros governos, caso eles tenham um programa para reduzir os preços dos computadores para a população", disse.

Gates afirmou que as companhias precisam da versão profissional do sistema operacional do Windows, enquanto os usuários domésticos podem usar edições com menos recursos. "A Microsoft é flexível e vamos ajustar os programas para atender às necessidades dos usuários e dos programas governamentais", disse.
 
France Presse

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRUTALIDADE
Adolescente queimado por negar sexo com homens morre em hospital
VACINA RUSSA
Governador diz que consórcio vai adquirir 28 milhões da vacina Sputnik V
LUTO NA SAÚDE
Dias após perder os pais, médica de 36 anos morre de Covid-19
VITIMA DA COVID 19
Vídeo: enfermeiro que receitava cloroquina se passando por médico morre de Covid-19
OS AMORES DO REI
Roberto Carlos teve três casamentos, paixões secretas e perdas em seus 80 anos
JUVENTUDE EM ALERTA
Covid: Variante acelera intubação de jovens e SP orienta procurar ajuda no 1º dia de sintomas
ATAQUE CANINO
Pit bull mata criança de 2 anos e deixa o irmão dela ferido
VIDEO CAPIVARA NA IGREJA
Capivara invade igreja: 'acho que ela veio rezar conosco', brinca Padre
BEBEDEIRA
Idoso conhece mulher, leva para casa é atacado a facadas
ROUBO DE CARGA
Três mil pessoas roubam carga de carne após carreta tombar e provocam novo acidente