Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 8 de maio de 2021
Busca
Brasil

Palmeiras e Vitória estreiam de olho na Libertadores

11 Ago 2010 - 08h38Por Gazeta Esportiva

Desprezada pelos times brasileiros em edições anteriores, a Copa Sul-americana começa para Vitória e Palmeiras às 21h50 desta quarta-feira, no Barradão.

Na medida em que oferece uma vaga na Libertadores ao campeão, o torneio mudou de status e passou a ser cobiçado.

Campeão continental sob o comando de Luiz Felipe Scolari em 1999, o Palmeiras trouxe o técnico gaúcho de volta e sonha disputar a Libertadores em 2011. Assim como os baianos, derrotados recentemente pelo Santos na decisão da Copa do Brasil.

"A Sul-americana ganhou uma importância muito grande. Há um tempo, ninguém queria largar mão do Brasileiro para disputá-la, mas agora dá vaga na Libertadores e se tornou prioridade.

Assim como a Copa do Brasil, é a maneira mais fácil e rápida de chegar à Libertadores. Temos que dar importância total para esse torneio", disse o goleiro Deola, que deve seguir entre os titulares.

Ainda em recuperação de lesão, o goleiro Marcos e o meia Lincoln estão vetados.

Assim como atacante Kléber, que foi expulso com a camisa do Cruzeiro pela Copa Libertadores e precisa cumprir suspensão automática na Sul-americana, também organizada pela Conmebol.

O técnico Luiz Felipe Scolari chegou a testar o 3-5-2 e o 4-3-3 no treino de terça-feira, mas a tendência é que o 4-4-2 seja mantido diante do Vitória.

Contratado junto ao Avaí, Rivaldo deve ser escalado no meio-campo ao lado de Pierre, Edinho e Márcio Araújo. No ataque, a provável formação é Ewerthon e Tadeu.

Toninho Cecílio, ex-zagueiro e diretor de futebol do Palmeiras, foi anunciado pelo Vitória como novo treinador na última segunda-feira.

Com o novo comandante, o experiente atacante Ewerthon prevê um adversário motivado, apesar da recente perda do título da Copa do Brasil.

"O Vitória é uma grande equipe e tem bons jogadores. Não foi vice-campeã da Copa do Brasil por acaso e é muito forte jogando em casa.

Com essa mudança de técnico, os jogadores ganham um estímulo a mais", afirmou o jogador, que ainda não venceu sob o comando de Felipão.

Vindo de uma sequência de quatro empates e uma derrota no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras ainda não ganhou sequer um jogo como visitante no torneio nacional (quatro empates e duas derrotas).

O último triunfo fora de casa do Verdão foi na Copa do Brasil, no dia 17 de março, quando bateu o Paysandu por 2 a 1, no Mangueirão.

O Vitória, por sua vez, ganhou 11 de seus 14 pontos no Campeonato Brasileiro dentro de casa.

Na Copa do Brasil, o time baiano venceu todos os seis jogos que disputou no Barradão com um retrospecto significativo de 21 gols marcados (média de 3,5 por jogo) e apenas um sofrido, diante do poderoso Santos.

Toninho estreia no Vitória diante do Palmeiras O goleiro Viáfara, com uma luxação no dedo da mão direita, está no departamento médico.

Por outro lado, o médico Ivan Carilo liberou o atacante Júnior e o meia Thiago Humberto para os treinos. O primeiro sentia uma dor na parte posterior da coxa esquerda e o segundo, no joelho.

Em seu primeiro treino na Toca do Leão, Toninho Cecílio acenou com mudanças no time.

Na movimentação desta terça-feira, o meia Bida perdeu sua vaga para Renato e o atacante Júnior, cotado para começar entre os titulares, viu o ataque formado por Elkeson e Schwenck. O ex-palmeirense Eduardo deve estrear como lateral direito.

"O primeiro pensamento é o Palmeiras. Eu não sou treinador de historinha e vocês verão isso. Vou manter a base do Ricardo Silva, que é uma das mais bem montadas do Brasil, mas o time já tem que ter meu dedo de algum jeito.

Já estou recebendo, não tenho tempo a perder", afirmou Toninho, que tenta quebrar um jejum de quatro jogos sem triunfos do Vitória no Brasileiro.

FICHA TÉCNICA VITÓRIA X PALMEIRAS

Local: Estádio Barradão, em Salvador (BA) Data: 11 de agosto de 2010, quarta-feira Horário: 21h50 (de Brasília) Árbitro: Leandro Vuaden Assistentes: Altemir Hausmann e Carlos Berkenbrock

VITÓRIA: Lee; Eduardo, Wallace, Anderson Martins e Egídio; Vanderson, Ricardo Conceição, Renato e Ramon; Elkeson e Schwenck. Técnico: Toninho Cecílio

PALMEIRAS: Deola; Vítor, Danilo, Maurício Ramos e Armero; Pierre, Edinho, Márcio Araújo e Rivaldo; Ewerthon e Tadeu Técnico: Luiz Felipe Scolari

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias
PÉSSIMA PROJEÇÃO
Covid-19: Brasil deve alcançar 575 mil mortes em 1º de agosto, diz instituto
SONHO INTERROMPIDO
Jovem perde noivo para a Covid-19 no dia do casamento: 'Nossos sonhos ficaram para trás'
PANDEMIA CORONAVIRUS
Triste número: Brasil ultrapassa 400 mil mortes por Covid-19
REVOLTA
Pastor zomba da fé dos indígenas Trukás que revoltados quebram templo em construção; veja o vídeo