Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 26 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Palmeiras bate o Vasco e quebra seqüência de derrotas

14 Jul 2006 - 08h37
O Palmeiras conseguiu a segunda vitória no Brasileiro e quebrou uma seqüência de quatro derrotas ao bater o Vasco por 4 a 2, na noite desta quinta-feira, no Parque Antarctica.

Edmundo comandou a vitória marcando dois gols. Daniel e Enílton fecharam o marcador. A partida também marcou o retorno do goleiro Marcos à meta palmeirense.

O esquema 3-6-1 implantado pelo técnico Tite se mostrou muito eficaz, especialmente na marcação da saída de bola, com isso, o time alviverde teve amplo domínio da partida.

O Vasco chegou aos gols em uma jogada de felicidade de Yves, que acertou um lindo chute de longa distância, e em outra infeliz, de Wendell, que marcou contra.

Com o resultado, o time segue na vice-lanterna, mas diminui a diferença para o arquirival para dois pontos (9 a 7) e pode ultrapassá-lo no clássico de domingo. O Vasco permanece com 13 pontos, na 14ª posição.

O Palmeiras iniciou a partida com uma blitz para cima da defesa do Vasco, não deixando a equipe carioca sair para o jogo. Com o meio-de-campo dominado, e centralizando a armação das jogadas em Juninho e Edmundo, passou o criar inúmeras oportunidades de gol.

Aos 11min, Paulo Baier sofreu falta pela direita, que ele mesmo cobrou na cabeça de Daniel, que abriu o marcador. Mantendo o domínio do jogo, o Alviverde sofreu um duro golpe aos 15min, quando Ives, na primeira descida do Vasco, acertou uma bomba de fora da área e empatou.

Porém, a igualdade só persistiu um minuto. Foi o tempo de o Palmeiras tomar novamente a frente do marcador, aproveitando a bobeira de Andrade, que perdeu a bola para Juninho ganhar a linha de fundo e cruzar para Edmundo completar.

No segundo ataque do Vasco no jogo, o segundo gol carioca. Aos 36min, Moraes fez boa jogada e abriu na direita para Ramon arrancar. No chute cruzado para a área, Wendel cortou para a própria meta e marcou contra. Mas a partida seguiu em ritmo alucinante até o fim do primeiro tempo.

Aos 46min, Edmundo mostrou oportunismo após a cobrança de lateral de Paulo Baier na área e colocou o Verdão novamente em vantagem.

No segundo tempo, a velocidade da partida diminui de ambos os lados. Porém, aos 17min, Juninho quebrou o protocolo e arrancou em uma bela jogada individual. Na hora da conclusão a bola espirrou na zaga e Enílton só teve o trabalho de empurrar para a rede.

O Vasco, já impotente na partida, ainda perdeu Fábio Braz, aos 29min, que fez falta dura em Juninho. A partir daí foi só o tempo correr para a equipe do Parque Antarctica comemorar a segunda vitória na competição.

O Palmeiras voltará a campo pelo Brasileiro no próximo domingo, quando terá pela frente o clássico contra o Corinthians, no Morumbi. Na mesma data, o Vasco também enfrentará seu maior rival: o Flamengo, no Maracanã.

 

Terra Redação

Leia Também

LIÇÕES DA BÍBLIA
Amem o estrangeiro
LIÇÕES DA BÍBLIA
Circuncidem seu coração
OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS