Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 26 de fevereiro de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

Palermo vence o Milan e vai à final da Copa Itália

10 Mai 2011 - 17h43Por Folha

O Palermo aproveitou a ressaca das comemorações do Milan, venceu a equipe de Milão por 2 a 1 e está na final da Copa Itália. Com o resultado, o time vai tentar seu primeiro título nesse torneio, dia 29 de maio, no estádio Olímpico de Roma, contra o vencedor de Roma e Inter, que jogam amanhã.

Depois de quebrar o jejum de sete anos sem vencer o Campeonato Italiano, após empatar com a Roma por 0 a 0 no último sábado, o Milan viajou até Palermo para conseguir a classificação para a final da Copa da Itália. O técnico da equipe, Massimiliano Allegri, chegou a dizer que o título nacional não era o bastante, que o time podia ir mais longe.

Como havia empatado a partida de ida por 2 a 2, em casa, o time rossonero precisava vencer ou empatar por 3 ou mais tentos. Assim, o Milan começou o jogo com o pé no acelerador. Logo com dois minutos, Robinho recebeu lançamento preciso e primoroso de Pirlo, dominou livre na entrada da área, mas não teve tranquilidade na hora de concluir, mandando a bola por cima do gol de Sirigu.

O Milan seguiu na mesma toada, pressionando o Palermo, empurrando os anfitriões para dentro de seu próprio campo, tentando explorar aquela que é a segunda pior defesa do Italiano, com 59 gols sofridos.

Mas, aos poucos, o Palermo foi se arrumando, bloqueando os espaços do Milan, evitando que o time rossonero ameaçasse. E começou a contra-atacar. Pastore, um dos melhores jogadores da temporada italiana, quase marcou um golaço de fora da área.

Mas a partida, no primeiro tempo, foi muito morna para um jogo que valia vaga em uma decisão.

No início da segunda etapa, o Palermo voltou mais incisivo, com posse de bola no campo ofensivo e assustou logo com 2min, em chute de Hernandez.

Aos 17min, os donos da casa confirmaram o seu crescimento na partida. Migliaccio, após cobrança de escanteio, cabeceou sem chances para Abbiatti. 1 a 0 Palermo.

A tarefa do Milan, que já era difícil, pois tinha que vencer fora de casa, ficou ainda mais complicada, uma vez que era preciso virar o placar para se classificar.

Além disso, o time comandado por Allegri, acusou o golpe de sair perdendo. Nem a entrada de Ibrahimovic, adiantou.

O Palermo, fechadinho na sua defesa, esperava só por um vacilo milanista para encaixar o seu contra-ataque. E ele veio aos 25min. Saída rápida, Pastore acionou Ilicic, que foi derrubado por Van Bommel dentro da área. Pênalti e expulsou do volante holandês. Bovo bateu e converteu. 2 a 0 Palermo aos 28min.

Um minuto depois, o jogador do Palermo foi expulso depois de desferir um chute no rosto de Pato.

Depois dos segundo gol do Palermo, Allegri radicalizou. Sacou o zagueiro Nesta e promoveu a entrada do atacante Cassano. Mas não adiantou. Além de criar pouco, na única chance clara, o Milan contou com a falta de sorte, ao ver uma bola batida por Ibrahimovic bater na trave, correr sob a linha e encontrar a outra trave e não entrar.

O time foi para cima, mas na base da vontade, não conseguiu nem diminuir o placar. Classificação do Palermo para a final da Copa da Itália, para a imensa festa dos torcedores no estádio Renzo Barbera.

Nos acréscimos, Ibra diminuiu a diferença, mas era muito tarde.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVO AUXILIO
Presidente afirma Auxílio emergencial deve voltar em março, com parcelas de R$ 250
ALERTA EPIDEMIOLÓGICO
Covid-19: Brasil registra 1.541 mortes em 24 horas
MUNDO DO CRIME
Após morrer de Covid-19 no mesmo dia, casal tem oficina invadida e furtada
TRISTEZA NA FAMILIA
Pai e filho morrem de Covid-19 com poucas horas de diferença
CNH GRÁTIS
CNH Grátis: 8 mil carteiras gratuitas liberadas pelo DETRAN; inscreva-se
FINAL DA COPA DO BRASIL
Quem será o campeão da Copa do Brasil?
DIVIDA PÚBLICA
Dívida pública sobe em janeiro e atinge R$ 5,06 trilhões
ALÔ NAÇÃO RUBRO-NEGRA
VÍDEO: 'Jorge' o Urubu queridinho de Culturama viraliza nas redes sociais da Nação Rubro-Negra
LOCKDOWN
Com explosão de casos de covid, e 14 deputados infectados A. Legislativa volta a fechar as portas
BRASIL - 248.529 MORTES
Covid-19: Brasil registrou 62.715 infectados em 24 horas