Menu
SADER_FULL
sexta, 14 de agosto de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
BANNER ECO TOUR
Brasil

País volta a comprar carne da Argentina, livre da aftosa

12 Mai 2007 - 05h28

O Ministério da Agricultura brasileiro voltou a permitir nesta semana a compra de carne bovina, ovina e caprina com osso, miúdos e sêmen bovino e bubalino da Argentina. A proibição foi suspensa porque o país recuperou seu status de área livre de aftosa, explicou o superintendente do Mapa no Rio Grande do Sul, Francisco Signor.

Ele ressaltou, no entanto, que a entrada dos produtos deve estar acompanhada de certificado sanitário declarando que não são originários da área de vigilância estabelecida na fronteira com o Paraguai e Bolívia.

Como o preço da carne bovina aumentou no Rio Grande do Sul, Signor estimou que o produto argentino poderá ser uma alternativa usada pelas indústrias, mas alertou que os importadores devem observar as regras previstas.

Na semana passada, o Sindicato das Indústrias de Carne e Derivados (Sicadergs) divulgou que os frigoríficos associados reduziram em 16% os abates no Estado no primeiro trimestre por falta de matéria-prima para manter o ritmo de produção. Conforme as indústrias, a escassez de matéria-prima estaria estimulando o aumento de preços.

 

 

G1

Deixe seu Comentário

Leia Também

HORÓSCOPO DO DIA
HORÓSCOPO DO DIA: Veja a previsão de hoje 14/08/2020 para o seu signo
CARA DE PAU
Cliente põe o próprio cabelo em lanche e tenta não pagar. VEJA O VÍDEO
VIOLENCIA DOMESTICA
Veterinária é agredida por ex-namorado médico e diz que tem medo de dormir em casa
FRANGO COM CORONAVIRUS
Frango brasileiro com coronavírus preocupa e acende alerta a produtores de aves de MS
HORÓSCOPO DO DIA
Horóscopo de quinta-feira 13 de agosto de 2020
FÁTIMA DO SUL - VAMOS ADOTAR UM PET
Oi eu sou a Maya!, você não quer me adotar?, veja como fazer a adoção pela ONG em Fátima do Sul
FATALIDADE
Adolescente morre após encostar em carregador que estava na tomada
BORA PRA BONITO - MS
Os 10 melhores passeios em Bonito, Mato Grosso do Sul
COVID-19
Em sessão remota, Eduardo Rocha pede um minuto de silêncio pelas mais de 100 mil mortes por covid-19
AUXILIO EMERGENCIAL
Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em julho nesta quarta-feira