Menu
SADER_FULL
segunda, 6 de dezembro de 2021
ASSEMBLEIA DEZEMBRO 2021
Busca
Brasil

Pais fingem ser criança em armadilha para pedófilo na internet

23 Dez 2009 - 08h32

Um casal britânico se fez passar pela filha de 11 anos no site de relacionamentos Facebook para apanhar um pedófilo que a estava preparando para fazer sexo.

Os pais assumiram o perfil da menina e, depois de tentarem marcar encontros com Thomas Gibbs, 52, entregaram as provas à polícia. Gibbs admitiu suas intenções e foi condenado a 16 meses de prisão.

Os promotores disseram durante o julgamento em um tribunal na cidade britânica de Oxford que os pais ficaram preocupados ao notar que a filha passava muito tempo usando a internet.

De acordo com a promotora Jennifer Edwards, a mãe da menina ficou mais desconfiada quando viu a filha se comunicando pela internet com outro usuário do Facebook. Ela decidiu se fazer passar pela filha e viu que Gibbs tinha feito um comentário sobre a foto da menina e dito que queria beijá-la.

Gibbs também havia escrito no perfil da menina na internet "Eu gosto de você de verdade" e "Eu quero me encontrar com você".

"Ela olhou por cima do ombro da menina e percebeu imediatamente que ela estava se comunicando com Gibbs", disse Edwards.

A mulher alertou o marido e a polícia e o casal começaram a se fazer passar pela filha.

"O contato continuou durante a semana seguinte", disse a promotora. "Cada vez que a filha ia ao computador, Gibbs estava pronto, querendo responder."

Recolhendo provas

Quando Gibbs pediu para se encontrar com a menina pela primeira vez, os pais marcaram o local e ficaram olhando de longe, recolhendo provas, mas não se identificaram. Na segunda tentativa de encontro Gibbs foi preso.

O advogado de defesa, Mark Dixon, disse que Gibbs nunca falou em sexo durante as conversas pela internet. Mas ele admitiu que a comunicação "atormentou a família, admitiu responsabilidade e culpa por isso".

O nome de Thomas Gibbs também ficará no registro oficial de pedófilos por cinco anos.

Depois do julgamento, a mãe da menina disse: "Isto me deixa mais preocupada com o Facebook e os pais deveriam estar cientes do que os filhos estão fazendo na internet."

Os operadores do site Facebook disseram em uma nota que a segurança dos usuários é uma prioridade. "Nós encorajamos vigorosamente todos os usuários do Facebook a nos alertarem para pessoas suspeitas e conteúdo inapropriado quando encontrarem isso no site. Nós temos uma equipe que investiga esse tipo de queixa e comentários dos usuários", afirmou um porta-voz.

 

Leia Também

SONHO DA MATERNIDADE
Servidora Pública perde marido para a Covid, mas realiza sonho e dá à luz trigêmeos
LIÇÕES DA BIBLIA
O céu dos céus
covid_04.12 COVID NO BRASIL
Covid-19: país tem 22,1 milhões de casos e 615,5 mil mortes
LIÇÕES DA BIBLIA
Deuteronômio em escritos posteriores
ABUSO DE AUTORIDADE
PM arrasta homem negro algemado em moto; "Como na escravidão", diz gravação
REVOLTANTE
Índia de 13 anos violentada pelo avô busca ajuda e acaba estuprada por 4 em unidade saúde
DOENTIO
Mulher descongela geladeira e encontra corpo de bebê escondido em sacola
PONTE BIOCEÂNICA
Ponte Bioceânica vai ganhar nova data de lançamento; Bolsonaro e Marito participam
AÇÕES DO GOVERNO MS
Com estados da região Sul, Azambuja quer integração ferroviária e união para redução de carbono
PIX SAQUE
Pix Saque começa hoje:comércio vê nova ferramenta como chamariz para clientes,mas teme por segurança