Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 11 de abril de 2021
Busca
Brasil

Pai acusado de estuprar filho é preso na Capital

30 Set 2004 - 09h52

Agentes da Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher (DEAM), juntamente com a Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) prenderam Luiz Antunes Batista, de 48 anos, no último dia 23, no bairro Bosque do Carvalho, na Capital. Ele estava foragido da polícia, acusado de abusar sexualmente de sua filha de 13 anos, que veio a engravidar do próprio pai. Ele está detido no Presídio de Trânsito onde aguarda condenação.

 

A denúncia foi registrada de 2003, onde Batista vinha abusando sexualmente da própria de sua filha há algum tempo, resultando na gravidez do próprio pai. Atualmente a menina tem uma filha de quatro anos, segundo informações do capitão José Alves Das Neves.

 

Quando foi feita a denúncia, foram realizadas diligências e investigações confirmando a acusação. No dia 18 de agosto foi decretada a prisão preventiva pelo juiz da 1ª Vara Criminal de Campo Grande, sob acusação de crime de estupro contra a própria filha.

 

 

RMT Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore
CONTAMINAÇÃO
Igrejas superam mercado e consultório médico em risco de transmissão de Covid-19, aponta estudo
CRISE NA PANDEMIA
Número de brasileiros que vivem na pobreza quase triplicou em seis meses, diz FGV