Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 21 de junho de 2021
Busca
Brasil

Pacientes de Dourados recorrem a quimioterapia em Campo Grande

20 Nov 2009 - 09h02
Pacientes que fazem tratamento de câncer estão precisando recorrer a Campo Grande para realizar a quimioterapia, um dos métodos utilizados para combater a doença. Isto porque o equipamento para radioterapia utilizado em Dourados está quebrado. Segundo a ACCGD (Associação de Combate ao Câncer da Grande Dourados), um novo equipamento já foi adquirido, mas ainda não foi entregue ao Centro Oncológico de Dourados, entidade responsável pelo tratamento no município. O primeiro piso do Hospital do Câncer – que fará tratamento de radio e quimioterapia – deverá ser inaugurado dentro de um mês.

A ausência da máquina de radioterapia em Dourados foi confirmada ontem pela presidente da ACCGD, Virgínia Magrini. Ela não soube estimar desde quando a máquina está quebrada, mas confirmou que o problema obriga os pacientes a se deslocarem até Campo Grande para fazer o tratamento.

“O problema é que o paciente sofre muito na estrada. A quimioterapia é bastante agressiva e o paciente às vezes fica todo queimado, bem debilitado”, explica.

Com o tratamento em outro município – no caso dos pacientes de Dourados, a 220 quilômetros de distância –, os pacientes precisam arrumar alojamento ou então se deslocar até a capital todos os dias. “É muito cansativo e o paciente precisa ficar se deslocando”, reclamou.

Segundo ela, uma nova máquina para radioterapia já foi adquirida pelo Centro Oncológico, mas ainda não teria sido entregue. O Diário MS tentou, por várias vezes, sem sucesso, entrar em contato com a administração do Centro Oncológico para coletar mais informações. Na última ligação, a administradora disse estar em uma reunião e prometeu retornar a ligação, o que não aconteceu.

Uma atendente do hospital apenas informou que o tratamento de quimioterapia continua sendo feito normalmente, já que a medicação é injetável, aplicada sem a necessidade de equipamentos.

HOSPITAL DO CÂNCER

O problema do deslocamento de pacientes em tratamento de câncer pode ser resolvido a partir da inauguração do Hospital do Câncer, onde será concentrado todo o tratamento de pacientes de Dourados e região – incluindo especialidades como pediatria e odontologia.

Segundo Virgínia Magrini, a previsão é que o primeiro e segundo pisos estejam prontos até 20 de dezembro, com inauguração imediata. Nesta primeira etapa, já irão funcionar os consultórios (inclusive odontológicos), arquivo e serviço de quimioterapia. Ainda não serão feitas internações.

A previsão é que o restante da obra seja concluído até março de 2010. Segundo a AACGD, até agora a entidade não recebeu qualquer tipo de apoio ou doação da prefeitura de Dourados para a construção do Hospital do Câncer.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIOLENCIA DOMESTICA
Menina de 12 anos furta bisavô e leva 10 chibatadas da mãe por ordem do CV
MILIONÁRIO
Aposta única fatura prêmio de R$ 7 milhões da Mega-Sena
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa paga hoje 3ª parcela do auxílio emergencial para nascidos em março
LUTO NA MÚSICA
Cantora gospel que defendia tratamento precoce morre de Covid-19 após ter os pulmões comprometidos
VIDEO
Cliente carrega mangueira sem perceber e bomba pega fogo em posto de combustível de Foz do Iguaçu
AÇÕES DO GOVERNO MS
Reinaldo Azambuja propõe projeto com Itaipu para combater assoreamento nos rios Iguatemi e Amambai
COPA X VIRUS
'Desse jeito, o vírus vai levantar a taça', diz deputado após 52 infectados na Copa América
FAMOSIDADES
Apresentador mostra fotos de viagens românticas com filha de Faustão e se declara
SEIS DIAS DE TERROR
Homem mata uma família e aterroriza moradores em seis dias de fuga deixando rastros de crimes
TRISTEZA E COMOÇÃO
Jovem engenheiro morre em acidente com moto e comove cidade