Menu
SADER_FULL
sexta, 22 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Orkut: site transforma-se em palanque digital nas eleições

24 Jul 2006 - 10h00
SEM RESTRIÇÃO Justiça não prevê regulamentação para o uso do site de relacionamento mais acessado atualmente e abre espaço para candidatos fazerem campanha.
A Justiça Eleitoral não baixou nenhuma resolução para controlar o uso de orkut – site de relacionamento na Internet – e por isso a ferramenta está sendo utilizada como palanque eleitoral pelos políticos que disputam a campanha em 2006. O Tribunal Superior Eleitoral estabeleceu apenas normas para publicidade de candidatos em sites, mas não fez nenhuma observação ao uso do orkut. Na falta da legislação, o site está recheado de comunidades que apóiam políticos ou até servem para execrar candidatos. No cenário estadual, os maiores adversários da disputa do Governo do Estado – André Puccinelli (PMDB) e Delcídio do Amaral (PT) – têm comunidades dentro do site. Puccinelli conta com seis comunidades que manifestam apoio para sua campanha para governador de Mato Grosso do Sul. Porém no site, o peemedebista também é lembrado pelo protesto de alguns internautas que não querem ver o candidato consagrado como governador sul-mato-grossense. Já Delcídio está em melhor cotação no orkut. O senador tem nove comunidades de apoio e apenas uma – que divide com seu adversário peemedebista – que sugere o voto contra a campanha do petista e também de André. Alguns grupos até ressaltam os atributos físicos do senador, por exemplo: "Delcídio do Amaral é lindo" e "Delcídio: Fagundes do Pantanal". Na corrida pelo voto e para ganhar a simpatia de pessoas que visitam o site, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é o campeão. Tem mais de mil comunidades. O segundo candidato na preferência do eleitorado brasileiro que disputa a Presidência da República, Geraldo Alckmin (PSDB), tem 488 comunidades, José Maria Eymael (PSDC) conta com apenas uma página no orkut, Heloísa Helena (PSOL) tem 171 comunidades, Cristóvam Buarque (PDT) está em 12 grupos, Rui Pimenta e Luciano Bivar, apenas com uma comunidade cada um. Legislação O TSE apenas normatizou a publicidade de candidatos pela Internet. Ficou proibida a divulgação de banners por provedores de acesso e também por sites de emissoras de TV e rádio. Em relação à criação de sites, envio de e-mails ou newsletters, a Justiça Eleitoral não prevê nenhuma regra e, segundo Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul, se não há normas, não existe proibição também.
 
 
Correio do Estado

Leia Também

OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ele nos amou primeiro