Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 19 de janeiro de 2021
Busca
Brasil

ONU: PIB global pode crescer 15% até 2050 com sustentabilidade

22 Fev 2011 - 08h12Por BBC Brasil

Um investimento anual de 2% do Produto Interno Bruto (PIB) global para adaptar as economias a um futuro mais sustentável poderia trazer como benefício secundário um crescimento econômico de 15,7% até 2050, segundo um relatório divulgado nesta segunda-feira pelo Programa da Organização das Nações Unidas (ONU) para o Meio Ambiente (Unep, na sigla em inglês).

 

De acordo com o estudo, seriam necessários investimentos equivalentes a US$ 1,3 trilhão anuais (cerca de R$ 2,15 trilhões) em dez áreas-chave para garantir uma "economia verde com baixo consumo de carbono e eficiente no uso dos recursos". As áreas para investimento identificadas pela Unep são: agricultura, construções, suprimento de energia, pesca, florestas, indústria, turismo, transporte, manejo de lixo e água.

 

O relatório analisa vários cenários possíveis e afirma que um investimento anual de 2% do PIB global levaria inicialmente a uma atividade econômica menor, com um crescimento 0,8% inferior do que seria se nada fosse feito até 2015, mas com um crescimento 2,7% maior em 2030 e 15,7% maior em 2050.

 

Em um outro cenário analisado, no qual o investimento anual seria de 1% do PIB global, a redução no crescimento até 2015 seria de 0,3%, mas a diferença de crescimento posterior seria menor em relação ao primeiro cenário: 1,4% em 2030, e 6,3% em 2050.

 

"Há ações rápidas que podem ser tomadas, começando literalmente já", afirma o diretor da Iniciativa para uma Economia Verde da Unep, Pavan Sukhdev. "Desde a redução ou retirada total dos US$ 600 bilhões de subsídios para os combustíveis fósseis até o redirecionamento de US$ 20 bilhões que recompensam perversamente os envolvidos na pesca insustentável", diz.

 

Transição
O Unep definiu como "economia verde" aquela que resulte em "um bem-estar humano melhor e mais igualdade social, ao mesmo tempo reduzindo os riscos ambientais e as carências ecológicas".

 

Segundo o relatório, para permitir os investimentos necessários, é necessário que os governos ajam para reformar as atuais leis e políticas nacionais e internacionais. "A economia verde - como documentada e ilustrada neste relatório - oferece uma análise focada e pragmática sobre como os países, as comunidades e as corporações devem fazer uma transição para um padrão mais sustentável de consumo e produção", afirma o diretor-executivo do Unep, Achim Steiner.

 

"Com 2,5 bilhões de pessoas vivendo com menos de US$ 2 por dia e com mais de 2 bilhões de pessoas sendo acrescentadas à população global até 2050, está claro que devemos continuar a desenvolver e fomentar nossas economias", disse.

 

"Mas esse desenvolvimento não pode acontecer às custas dos próprios sistemas de apoio à vida na terra, nos oceanos ou na atmosfera, que sustentam nossas economias e, assim, as vidas de cada um de nós", observou Steiner. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Na calada da noite, namorado da avó estupra criança de 12 anos e é espancado por vizinhos
CONCURSO PÚBLICO
Concurso da Aeronáutica somam com as 21 mil vagas em outros concursos que a semana oferece
DEU RUIM
Jovem é atingido por raio enquanto usava celular no banheiro
PROVA DO ENEM
Confira as medidas de segurança durante a prova do Enem
SAIU O EDITAL
Com salário de até R$ 23,6 mil, Polícia Federal abre inscrição em concurso no dia 22
DESESPERO EM MANAUS
Médicos e familiares de pacientes descrevem colapso com falta de oxigênio em Manaus; leia relatos
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa libera saque da última parcela do auxílio emergencial a aniversariantes em julho
HORROR NA NOITE
Crianças são encontradas chorando ao lado de corpos de pais assassinados
DOR E DESCASO
Filho é obrigado abrir cova para enterrar próprio pai por não encontrar coveiro em cemitério
SEUS DIREITOS
Trabalhador afastado por Covid-19 tem direito a auxílio-doença do INSS