Menu
BANNER IMPRESSORAS
quinta, 11 de agosto de 2022
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Oncinha pede “bolsa” para melhores alunos do Ensino Médio de Vicentina

9 Set 2010 - 15h25Por Gerson Pereira / Fátima News

O Vereador Eduardo Costa da Silva, (Oncinha), solicitou através de Requerimento de nº. 051/2010, a mesa Diretora no qual neste ele solicita que seja enviado copias ao Sr. Prefeito Municipal de Vicentina Marcos Benedetti Hermenegildo PMDB, no documento ele solicita ao Sr. Prefeito Municipal que seja viabilizado Bolsas estudantil aos alunos considerados os Melhores em suas matérias a aqueles que estejam cursando o ultimo ano do ensino médio e que tenham interesse em ingressar em uma Universidade.

Que estes alunos tenham bolsas de estudos patrocinados pelo Município, nada mais do que justo o Município incentivar aqueles que tenham o melhor desempenho educacional em salas de aulas e com certeza irão ter o melhor desempenho possível em uma Universidade ficando assim o Município com uma ótima participação no desempenho deste aluno, em assim sendo ira despertar maiores interesses a outros alunos que poderão sentir se incentivado a melhorarem seus desempenhos na educação escolar. Justificou o Vereador.

 

Leia Também

NOITE DE TERROR
Moradores relatam medo vivido em confronto com oito mortos
ACIDENTE DE TRABALHO FATAL
Trabalhador morre soterrado ao fazer limpeza em silo de grãos
AGRESSÃO NA ESCOLA
Mulher invade escola e espanca aluna a pauladas
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil ultrapassa o número de 680 mil mortos pela doença
AUXÍLIO BRASIL AUXILIO POPULAÇÃO
Auxílio Brasil de R$ 600 e vale-gás saem hoje para mais um grupo
BRASIL + POBRE
Estudo mostra alta da pobreza em regiões metropolitanas
ESTERILIZAÇÃO
Senado aprova redução da idade mínima para realização de laqueadura
ASSUSTADOR
VÍDEO: Tromba d´água é registrada no Litoral e assusta moradores
TEMPESTADE
Temporal derruba teto de UTI covid em hospital e pacientes são transferidos às pressas
COVID NO BRASIL
Brasil registra 365 mortes e 30,2 mil casos de covid-19 em 24 horas