Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 22 de outubro de 2020
SADER_FULL
Busca
ZANZI
Brasil

Once Caldas e Boca Juniors decidem título da Libertadores

1 Jul 2004 - 10h01

Once Caldas e Boca Juniors decidem o título da Taça Libertadores da América hoje à noite, às 20h15 (horário de Mato Grosso do Sul), em Manizales. O primeiro jogo, em La Bombonera, terminou empatado em 0 a 0.

O time colombiano demonstra retrospecto favorável na competição ao se tratar de partidas disputadas fora de casa. No confronto com Santos e São Paulo, os colombianos arrancaram o empate no Brasil e fizeram o resultado em Manizales, onde ainda não perdeu na competição. Hoje, quem vencer o jogo leva o título. Em caso de igualdade, a decisão vai para os pênaltis.

O técnico Luis Fernando Montoya concentrou o seu time desde segunda-feira e não quis adiantar a escalação do Once Caldas. O treinador deu um tom nacionalista sobre a possibilidade de sua equipe conquistar a Libertadores. "A história nos tem reservado um lugar privilegiado até agora e temos que aproveitar. Agora temos a nossa chance", afirmou Montoya.

Pelo lado do Boca Juniors, o técnico Carlos Bianchi, acostumado a arrebatar esse tipo de competição, vai ter três reforços importantes: Tévez, Cascini e Vargas, ausentes da partida na Argentina por estarem suspensos.

Para Bianchi, o importante é o time saber suportar a pressão da torcida. "Vai ser um jogo duro, mas creio que temos condições de conseguir o nosso objetivo." Os argentinos se concentraram em Pereyra, cidade próxima de Manizales, e o técnico Carlos Bianchi levou os seus 25 jogadores para Colômbia.

Ausente do jogo de ida, o atacante Tévez partiu para as provocações. "Vamos jogar no ataque, pois sabemos que somos superiores. Na Argentina, eles só se preocuparam em jogar na defesa”.

Mais do que a final do campeonato, o jogo de opõe um futebol (o colombiano) que costuma morrer na praia em decisões de Libertadores contra uma equipe (o Boca Juniors) que vai atrás de sua sexta conquista.

Em oito finais até agora (sem contar com a desta quinta), os colombianos só conquistaram o título em uma edição: em 1989, quando o Atlético Nacional superou o Olimpia, do Paraguai.

Já o Boca Juniors chegou para decidir o torneio em sete oportunidades, ganhou em 1977, 1978, 2000, 2001 e 2003 e perdeu somente duas vezes: 1963 e 1979.

Os ingressos (40 mil bilhetes foram colocados à venda) já estão esgotados, e a organização preparou um esquema de guerra para evitar o conflito de torcedores. Cerca de mil homens vão cuidar da segurança. Informações da Folha On line

ONCE CALDAS
Henao; Rojas, Cataño, Vanegas e García; Velásquez, Viáfara, Arango (Moreno), Soto, Valentierra; Alcázar.
Técnico: Luis Fernando Montoya

BOCA JUNIORS
Abbondanzieri; Perea, Schiavi, Burdisso e Rodríguez; Villarreal, Cascini, Vargas e Cagna; Guillermo Schelotto e Tévez.
Técnico: Carlos Bianchi

Local: estádio Palogrande, em Manizales (COL)
Horário: 21h15 (de Brasília)
Juiz: Carlos Chandía (CHI)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Invasão em residência acaba morador morto por tiro acidental TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem mata o próprio irmão ao atirar em invasor de residência
GUERRA DA VACINA
Bolsonaro diz que não comprará vacina chinesa, mesmo se aprovada pela Anvisa
Motorista da carreta diz que ainda tentou desviar, mas não conseguiu DOENÇA DO SÉCULO
Menor pega carro escondido, joga contra carreta e morre na hora
BRASIL - 155.403 MORTES
Covid-19: Brasil tem 24.818 novos casos em 24 horas
AJUDA
Caixa Econômica paga auxílio emergencial para 5,2 milhões de beneficiários
CORONAVIRUS
Morre voluntário brasileiro que participava de testes da vacina de Oxford
MORTE SUBITA
Idoso morre em voo de Cuiabá para SP; avião faz pouso de emergência
BRASIL - 154.176 MORTES
Covid-19: Brasil tem mais 271 óbitos e 15.383 novos casos em 24h
TRAGÉDIA NA CIDADE
Acidente entre trem e e micro-ônibus deixa uma mulher morta e feridos
VEJA VIDEO
Índio precisa buscar socorro a cavalo após ataque de onça