Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 27 de janeiro de 2022
Busca
Brasil

OMS contabiliza 4.108 mortes por gripe suína em todo mundo

2 Out 2009 - 15h21Por Folha Online

A gripe suína, denominada oficialmente gripe A (H1N1), já infectou 343.298 pessoas no mundo todo e matou ao menos 4.108, informou nesta sexta-feira a OMS (Organização Mundial da Saúde), em seu balanço semanal sobre a doença que se tornou a primeira pandemia do século 21.

Os dados correspondem aos casos contabilizados até 27 de setembro passado. A agência da ONU (Organização das Nações Unidas) destacou ainda que os números dizem respeito aos diagnósticos confirmados em laboratório, motivo pelo qual o total de casos pode ser maior.

A América, com 3.020 mortes confirmadas e 137.147 contágios, continua sendo a região mais afetada pela doença.

Já no Pacífico Ocidental, foram contabilizadas 383 mortes e 96.197 casos.

No Sudeste Asiático, a gripe suína matou 413 pessoas e contaminou outras 33.594.

Os dados mostram ainda que, na Europa, 176 pessoas morreram e outras 56 mil foram infectadas pela doença.

Na área do Mediterrâneo oriental, 12.008 pessoas ficaram doentes e 74 morreram depois de contaminadas pelo vírus A (H1N1).

Por sua vez, a África registrou 42 mortes e 8.352 casos da doença.

Segundo a OMS, a gripe suína começou a recuar nas áreas temperadas do hemisfério Sul --Chile, Argentina, Austrália, Nova Zelândia. Nas áreas tropicais da América, também foi identificada uma tendência de recuo em países como Brasil, Bolívia, Costa Rica, El Salvador, Panamá, Paraguai, Venezuela. Porém, o número de casos aumentou em nações como Cuba e Colômbia.

Na Ásia, há uma tendência de alta nos contágios em países como Índia e Camboja, embora os casos estejam diminuindo, de modo geral. Na América do Norte, a transmissão é ampla e se mantém mais elevada que a da gripe comum.

Na Europa e na Ásia Ocidental, a transmissão se mantém baixa, menos no Reino Unido, na Irlanda e na França.

Sintomas

A gripe suína é uma doença respiratória causada pelo vírus influenza A, chamado de H1N1. Ele é transmitido de pessoa para pessoa e tem sintomas semelhantes aos da gripe comum, com febre superior a 38ºC, tosse, dor de cabeça intensa, dores musculares e nas articulações, irritação dos olhos e fluxo nasal.

Para diagnosticar a infecção, uma amostra respiratória precisa ser coletada nos quatro ou cinco primeiros dias da doença, quando a pessoa infectada espalha o vírus, e examinada em laboratório.

O tratamento precoce com os antivirais Tamiflu ou Relenza pode ajudar a reduzir a gravidade e a duração da infecção, de acordo com o CDC (Centros de Controle de Doenças dos Estados Unidos).

Leia Também

SUBINDO
Brasil em 24 horas, foram registradas 487 mortes por Covid 19 e 183.722 novos casos registrados
joao 5 39 examinais as escrituras 2_3 LIÇÕES DA BIBLIA
Quanto Falta para o Fim do Mundo?
TRAGÉDIA NA IGREJA
Confusão em culto termina com pastor e jovem mortos, 4 baleados e casa incendiada
SOB INVESTIGAÇÃO
Lutador é executado com 12 tiros, sua esposa esta grávida
SEU DINHEIRO
Qualquer cidadão pode consultar se tem valores a receber de instituições financeiras; saiba como
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 259 mortes e 83,3 mil novos casos
ESTUPRO DE VUNERALVEL
Mãe vê partes íntimas vermelha, pergunta e filha de 2 anos aponta paro o tio
ACASALAMENTO DE COBRAS
Casal sucuri acasalando em rio assusta e impressiona turistas; veja vídeo
MEIO AMBIENTE
O número médio anual de relâmpagos do país aumentará para 100 milhões
COVID NO BRASIL
Em 24 horas, Brasil registrou mais 135.080 casos e 296 mortes por covid-19