Menu
SADER_FULL
quarta, 3 de junho de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Olimpíada Estadual das Apaes reúne 330 atletas

6 Jul 2004 - 13h15
Cerca de 330 atletas de 54 Apaes do Estado participam da III Olimpíada Estadual das Apaes de Mato Grosso do Sul, que será realizada em Maracaju, de 7 e 11 de julho. Os competidores, portadores de necessidades especiais físicas ou mentais, integrantes ou não de uma Associação, disputam medalhas nas modalidades de: atletismo, ginástica olímpica, basquete, futebol society, futsal e tênis de mesa.

A organização é da Federação Nacional das Apaes (Fenapae) com o apoio da Secretaria de Estado da Juventude e do Esporte e Lazer (Sejel), atavés do Fundo de Investimentos Esportivos (FIE). De acordo com o Presidente da Fenapae, Antonio de Almeida Lira, a parceria é de fundamental importância para a realização do evento.

Os principais objetivos da olimpíada são: aumentar o grau de socialização do portador de necessidades especiais, ajudá-lo a adquirir habilidades motoras básicas e aumentar a auto-estima. Os vencedores receberão medalhas e o direito de representar o Estado na Olimpíada Nacional das Apaes, que acontece em Goiânia.
 
 
Agência Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Brasil registra mais de 31 mil mortes por covid-19
COISA MEDONHA
Mulher é desenterrada e estuprada um dia após ser sepultada
DOURADOS - NOVO EPICENTRO COVID-19
Dourados é novo epicentro do coronavírus em MS com mais de 300 casos confirmados
AUXÍLIO EMERGENCIAL
Caixa LIBERA 2ª parcela do auxílio de R$ 600 em contas dos beneficiários, veja os meses
ABSURDO
Médica relata ter sofrido agressões por parte de frequentadores de 'festas de corona'
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Menino de 9 anos, acidentalmente mata irmã de 7 anos com espingarda
TRAGEDIA NA RODOVIA
Mulher gravida e marido morrem e criança fica ferida em acidente trágico
PANDEMIA CORONAVIROS
Vai ser ''um massacre'', diz ex-diretor da Saúde sobre flexibilizar isolamento
BOA NOTICIA
Bolsonaro diz que auxilio emergencial pode ter quarta parcela, mas pagando menos
PRAZO MÁXIMO
Acordo prevê máximo de 20 dias para análise de auxílio emergencial