Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 16 de janeiro de 2022
Busca
Brasil

Oficiais da PM ambiental de todo país fazem curso no Pantanal

6 Nov 2009 - 17h45Por TV Morena

Quarenta oficiais de todas as corporações militares ambientais do Brasil, incluindo estados e o Distrito Federal, iniciaram na tarde desta sexta-feira a nona edição do Curso de Estratégias para a Conservação da Natureza, que será realizado no Pantanal de Corumbá durante dez dias. A capacitação será realizada a bordo do barco-hotel Kalypso, que zarpou às 15h de hoje rio Paraguai acima.

O curso é uma parceria da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) com a Polícia Militar de Mato Grosso do Sul e o Instituto Homem Pantaneiro (IHP), organização não-governamental com sede em Corumbá, e habilita os oficiais para a Força Nacional de Segurança Ambiental. O foco é a educação ambiental discutindo a evolução do homem e seus conflitos com o planeta.

A estratégia de combate e preservação da natureza envolvendo as comunidades, com ênfase na educação ambiental e menos repressão, foi da então Polícia Florestal de Mato Grosso do Sul, nos anos 90, depois de quase uma década de conflitos armados com contrabandistas de pele de jacaré no Pantanal. O idealizador do curso é o coronel Ângelo Rabelo, ex-comandante da Polícia Ambiental de MS.

Palestras e visitas

Renomados profissionais da área ambiental, entre consultores, biólogos e pesquisadores, estarão proferindo palestras durante o curso, entre eles Miguel Milano, ex-Fundação O Boticário. Os oficiais terão atividades práticas, com visitas a algumas unidades de conservação, como a reserva da MMX, na Serra do Amolar, e o Parque Nacional do Pantanal, na divisa de Poconé (MT) e Corumbá.

Os militares foram recepcionados em Campo Grande, ontem, pelo comandante-geral da PM, coronel Carlos Alberto David dos Santos, e na abertura do curso, no início da tarde desta sexta-feira, no barco, estiveram presentes os comandantes do 6º Batalhão da PM e da PMA em Corumbá, coronel Nelson Antônio da Silva e major Waldir Ribeiro Acosta, e a secretaria municipal de Meio Ambiente, Luciene Deová.

Novo contexto

Primeiro palestrante, o coronel Ângelo Rabelo fez uma leitura do que foi a guerrilha no Pantanal, nos anos 80, com troca de tiros diários com os coureiros, e o que representou esse conflito para mudar leis ambientais, até então brandas, e o verdadeiro papel da polícia ambiental na conservação dos recursos naturais. A partir dessa discussão os esforços concentraram-se na educação ambiental.

O Curso de Estratégias para a Conservação da Natureza conta com a parceria do Ministério da Justiça, Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, Fundação O Boticário, Agência Nacional de Água (ANA) e Ibama. O encontro também visa a troca de experiências, ações integradas e debates de problemas comuns, como a falta de estrutura das corporações – uma realidade em todos os estados.

Leia Também

TEMPORAL - VIDEO
Forte chuva derruba árvores e deixa 23 mil pessoas sem energia
COVID NO BRASIL
Em 24 horas, as autoridades de saúde notificaram 175 novos óbitos, totalizando 620.971
TRAGÉDIA
Deslizamento de terra destroi casarão histórico em Ouro Preto MG
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai, mãe e três filhas morrem em capotamento de caminhão
BIG BROTHER
Saiba quem foram os ex-BBBs que já morreram; 3 estiveram no BBB9
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil tem 87,4 mil casos e 133 mortes em 24 horas
HOMICIDIO EM SÉRIES
Bandido que comia olhos, orelhas e bebia sangue de vítimas é preso
COVID NO BRASIL
Brasil tem em 24 horas, mais 70.765 novos casos de covid-19
FAMILIA GRANDE
Mãe dá à luz quíntuplos em maternidade de São Paulo
joao 5 39 examinais as escrituras 2_3 LIÇÕES DA BIBLIA
Por meio Dele Deus fez o Universo